O caminhão laboratório do projeto HackaTruck MakerSpace está no estacionamento do Centro de Informática (CIn) da UFPE capacitando alunos com o curso presencial “Práticas de Cloud Services usando Swift com ênfase em IoT” no período de 01 de abril a 03 de maio. A participação confere um certificado de 100 horas aos estudantes que estão divididos em duas turmas, uma no horário da tarde e outra a noite.

Durante três anos o HackaTruck esteve em sua primeira fase e capacitou mais de 1.500 alunos de instituições de ensino superior nacionais. Sua nova fase é o HackaTruck MakerSpace que tem como objetivo ser um espaço maker, onde os alunos podem criar e desenvolver protótipos de aplicativos de acordo com os conhecimentos estudados. O projeto é financiado pela IBM Brasil e a Flex por meio da Lei de Informática, em parceria com o Instituto ELDORADO e em colaboração com a Apple.

Aproximadamente 100 alunos da UFPE concluíram o curso EAD do HackaTruck e foram aprovados para preencher as 56 vagas das aulas no caminhão laboratório. Os participantes foram selecionados de acordo com o aproveitamento final no curso a distância. Íris Soares, aluna de Ciência da Computação do CIn, participou das primeiras aulas presenciais e relata sua experiência. “Foi incrível. Foi um primeiro contato bem positivo e particularmente me deixou muito com a sensação de que eu seria capaz de colocar em prática ali dentro qualquer projeto que eu queira tentar”.

A proposta do HackaTruck, segundo Íris, foi o que a motivou a participar. “Tudo que o curso oferece encanta muito a vista, a estrutura é ótima, os conteúdos que vão ser ensinados e depois colocados em prática despertam a curiosidade e a vontade de aprender, e poder unir isso com uma prática voltada a nossa realidade e aos nossos interesses é muito estimulante”.

Arthur Santos, também aluno de Ciência da Computação do CIn, tem expectativas em relação ao curso. “Eu espero poder desenvolver algum projeto interessante e aprender a linguagem Swift pra poder usar isso no mercado, conseguir uma vaga de emprego boa”.

Projeto MOVER
Os alunos que concluírem a formação presencial do HackaTruck MakerSpace poderão se inscrever no projeto Mover – Movimento Empreendedor Revolucionário. A iniciativa busca incentivar alunos de graduação e pós-graduação da UFPE a desenvolver ideias e/ou pesquisas já iniciadas que tenham potencial de negócio, oferecendo apoio de até R$ 3 mil. As propostas de projetos serão avaliadas por uma banca composta por especialistas, pesquisadores, empresários e investidores, que selecionará a melhor para ficar incubada durante seis meses em um ambiente de inovação vinculado ao NTI.

O projeto é uma parceria do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) com o Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) da UFPE, o Centro de Informática (CIn) da UFPE, a Positiva – Diretoria de Inovação da UFPE e o HackaTruck MakerSpace. Para mais informações entre em contato pelo e-mail: inovacao.nti@ufpe.br

Comentários desativados