Curso é coordenado pelo professor Cleber Zanchettin e tem duração de 18 meses, em nível de pós-graduação lato sensu

Pensar a nossa realidade sem a presença constante da tecnologia já é algo fora de cogitação. Seja na indústria, no comércio ou mesmo nas atividades individuais mais fortuitas, estamos sempre sendo auxiliados por ferramentas tecnológicas cada vez mais avançadas. Nesse cenário, a Inteligência Artificial (IA) é o campo do conhecimento que possibilita o desenvolvimento de artefatos e metodologias para aprimorar essa relação entre humanos e máquinas. Uma pesquisa realizada pela consultoria International Data Corporation (IDC) prevê que até 2023 um quarto das empresas do mercado global vão desenvolver ao menos um projeto de IA, nas áreas de Machine Learning e Deep Learning. Ainda segundo o mesmo estudo, a movimentação financeira no setor deve chegar a US$ 110 bilhões em 2024.

No Centro de Informática (CIn) da UFPE, as discussões relacionadas a esse universo são capitaneadas pelo CIn.AI, grupo de pesquisa pioneiro no país, que iniciou os seus trabalhos em meados da década de 1970. O coletivo é composto por pesquisadores de referência, bolsistas de produtividade do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), integrantes de comitês científicos de vários periódicos importantes, conferências nacionais e internacionais da área e que prestam consultoria a várias empresas. Os membros do grupo estão entre os mais produtivos do país e já foram premiados em diversos eventos nacionais e internacionais, fruto do know-how trazido pela experiência e dedicação.

Como parte de sua missão e compromisso com a formação de recursos humanos qualificados, o CIn.AI lançou um novo curso de especialização em Deep Learning, coordenado pelo professor Cleber Zanchettin. Com nível de pós-graduação lato sensu, a formação tem duração de 18 meses. Os principais diferenciais trazidos pela formação estão no corpo docente qualificado, com competência técnica e experiência, na capilaridade do CIn no ecossistema de tecnologia e inovação e na tradição de excelência do Centro. Ao longo do curso, vão ser desenvolvidas competências relacionadas ao treinamento em Deep Learning, Processamento de Imagens, Visualização de Dados, Processamento de Linguagem Natural, Automação de Processos, Processamento de Sinais, Aprendizagem de Máquina e Análise Orientada a Dados, entre outras.

A grade é composta por disciplinas teóricas e práticas, intercaladas desde seu início, para permitir que os alunos visualizem, assimilem e apliquem as ferramentas e o conhecimento adquiridos em suas atividades profissionais. O curso foi organizado em dois módulos para permitir um melhor acompanhamento e evolução da aprendizagem. O corpo docente é formado por doutores reconhecidos pela sua atuação acadêmica e profissional, com experiência na execução de projetos relacionados às disciplinas ofertadas. As pré-inscrições para a próxima turma da Especialização em Deep Learning do CIn-UFPE seguem abertas até este mês. Logo após, os candidatos vão passar pelas etapas de análise de currículo e entrevista. O início das aulas está previsto para o dia 21 de janeiro de 2022. 

Maiores informações estão disponíveis no site do curso.

Comentários desativados