O professor do Centro de Informática (CIn) da UFPE Carlos Alexandre Barros Mello, em parceria com o também professor do centro Ricardo Martins e com os doutorandos Rafael Galvão de Mesquita e Péricles Miranda, ganharam o primeiro lugar na edição de 2014 da Document Image Binarization Contest (DIBCO).

 
A DIBCO é uma competição anual cujo resultado é divulgado em um grande evento na área de processamento de documentos. Trata-se de uma competição em que os participantes têm que lidar com a binarização, conversão para preto e branco de imagens de documentos. Alguns documentos possuem manchas ou tinta degradada, fazendo com que o processo de binarização seja bastante complexo (algumas imagens ou regiões delas podem se tornar completamente escuras sem possibilidade de leitura do seu conteúdo).
 
Nos anos ímpares, ela ocorre no ICDAR (International Conference on Document Analysis and Recognition) e nos pares, no ICFHR (International Conference on Frontiers in Handwritten Recognition).
 
Em 2014, o resultado da competição está sendo divulgado no ICFHR 2014 (www.icfhr2014.org), que está acontecendo em Creta, Grécia. O algoritmo vencedor é um aprimoramento de um algoritmo desenvolvido pelo professor Carlos Alexandre Barros Mello em conjunto com o doutorando Rafael Galvão de Mesquita, que faz a binarização através da modelagem de conceitos de percepção visual.
 
Posteriormente, o algoritmo foi extendido em uma nova versão com otimização de parâmetros com a ajuda do professor Ricardo Martins (também do CIn/UFPE) e do doutorando Péricles Miranda. Essa é a versão que participou da competição. Concorremos com mais 6 candidatos de diversos lugares do mundo e alcançamos as melhores taxas de acordo com critérios estabelecidos pela competição.
 
O artigo científico com o resultado do trabalho realizado pelos profissionais do CIn/UFPE saiu nos proceedings do evento, disponibilizado na biblioteca digital do IEEE após o evento. Ele também ficará disponível no site da competição.

Comentários desativados