Os professores do Centro de Informática (CIn) da UFPE Divanilson Campelo, Abel Guilermino, Daniel Cunha e Edna Natividade foram contemplados com placas do processador Edison da Intel. Os equipamento foram oferecidos aos docentes depois que eles submeteram propostas de projetos de pesquisa na área de Sistemas Embarcados e Internet das Coisas (IoT) à Intel nas quais o processador seria inserido com o intuito de otimizar os resultados dos estudos.
 

Como o Edison é um processador muito pequeno e que consome pouca energia, ele se configura como um equipamento ideal para a área pesquisada. Essas propostas foram avaliadas pela Intel Internacional e tiveram, como resultado, a concessão dos equipamentos, o que permitirá que os projetos sejam realizados usando tecnologias de última geração. 

Comentários desativados