O artigo desenvolvido pelo laboratório de pesquisa e equipe de competição em robótica da UFPE, a Maracatronics, foi premiado no principal simpósio de robótica da América Latina, o LARS (IEEE Latin American Robotics Symposium). O trabalho “Dribbler and Kicker Systems to Small Size Soccer League Robots: A Study and Project to Latin American Robotics Competition” recebeu o prêmio “Best Paper” na competição. 

Desenvolvido com contribuições do Centro de Informática (CIn) da UFPE, o Departamento de Engenharia Mecânica (DeMec-UFPE), o Departamento de Energia Nuclear (DEN-UFPE) e o Voxar Labs, laboratório de Pesquisa em realidade virtual e aumentada do CIn, o artigo possui autoria de Joaquim Araújo (DEN-UFPE), Marcos Lima (DeMec – UFPE), Caio Montarroyos (DeMec – UFPE), Luiz Arruda (DeMec – UFPE), Pedro Jorge Silva (CIn-UFPE), Adam Pinto (Voxar Labs/CIn – UFPE), Júlia Dias (DES-UFPE) e João Paulo Cajueiro (DeMec – UFPE).

Através de uma revisão sobre o sistema de drible e chute em robôs que jogam futebol, o trabalho apresenta um estudo e um novo projeto capaz de ser executado por equipes iniciantes na categoria. Desta forma, o projeto ficará disponível para todas as equipes que queiram estudá-lo e colaborar com seu aprimoramento.  

De acordo com Pedro Silva, autor do trabalho e co-gestor da categoria Autônomos Coletivos responsável pelo Futebol de Robôs, um estudo como esse ratifica a relevância da UFPE no cenário de robótica em nosso continente. “O artigo apresenta grande relevância para a comunidade a nível de América Latina, pois as equipes possuem uma grande dificuldade para achar boas referências no desenvolvimento dos seus projetos”, revela.

Comentários desativados