A disciplina Tópicos Avançados em Inteligência Computacional 4, com o conteúdo Empreendedorismo no Vale do Silício, será ofertada neste semestre pela Pós-Graduação do Centro de Informática (CIn) da UFPE. A cadeira está disponível não só para alunos de mestrado e doutorado do CIn, mas para graduados em qualquer área que tenham interesse empreendedor ou tenham interesse acadêmico pelo tema.

Depois de ter criado a NeuroTech – empresa de criação de soluções avançadas de Inteligência Artificial, Machine Learning e Big Data Analytics – e ter fundado a AI-Leader – empresa especializada no reconhecimento inteligente de caracteres (ICR) – o professor Paulo Adeodato decidiu compartilhar essa experiência com os alunos e potenciais empreendedores de alta tecnologia da região. O docente também vivenciou todo o ambiente empreendedor do Vale do Silício em torno da Universidade de Stanford por mais de 1 ano. A disciplina entra agora na sua 5a edição.

As aulas começam no dia 11 de abril e serão transmitidas de forma virtual, pelo Google Classroom, nas terças-feiras, das 10h às 12h, e nas quintas-feiras, das 8h às 10h. Na disciplina, os alunos entrarão em contato com os princípios básicos do que precisa ser abordado na criação de uma startup e ainda poderão trocar experiências sobre empreendedorismo de alta tecnologia. 

Desta forma, a ideia da cadeira é traçar um comparativo entre o ecossistema do Vale do Silício com o do Porto Digital e de outros parques tecnológicos do Brasil, para avaliar que aspectos poderiam ser mais explorados. 

Dentre os conteúdos programados, estão os princípios de uma startup; motivação para o negócio; solução de produto/serviço; escolha dos empreendedores e colaboradores; monetização e modelo de negócios; networking; parcerias e muitos outros. 

Para participar da disciplina o aluno deve ter conhecimento sobre o conceito de lean startup e preencher pelo menos um dos requisitos abaixo: 
* Ter cursado disciplina de projetão;
* Ter cursado disciplina de empreendedorismo/inovação;
* Ter estagiado, trabalhado ou empreendido em startup;
* Ter trabalhado em empresa júnior;
* Ter trabalhado em avaliação de oportunidades em fundos de investimento.

Para mais informações basta entrar em contato com o professor Paulo Adeodato através do endereço de e-mail pjla@cin.ufpe.br

Comentários desativados