Desde 1999, a Olimpíada Brasileira de Informática (OBI) vem revelando jovens talentos do ensino médio e fundamental na ciência da computação.  Partindo da premissa de que o Centro de Informática (CIn) da UFPE é uma instituição de referência em Tecnologia da Informação e que um dos seus objetivos é estimular a formação de profissionais na computação, o centro esse ano está apoiando  a iniciativa da Sociedade Brasileira de Computação (SBC) e da OBI,  incentivando as  escolas pernambucanas a participarem da competição nacional.
  Segundo Márcio Cornélio, professor do CIn, esse tipo de evento estimula a capacidade do aluno em resolver problemas de lógica e de aplicar conceitos matemáticos, “Há problemas que lidam com a noção de conectivos lógicos e com a noção de ordem e transitividade de operadores relacionais. Do ponto de vista profissional, a OBI apresenta a Informática como um novo horizonte, distinto daquele restrito a usuários. Consequentemente, estudantes poderão no futuro desenvolver soluções e inovações em Informática; serão capazes de programar, indo além do papel de usuário.”

   Não apenas um meio de identificar talentos para a Informática, a olimpíada é uma oportunidade para novas aproximações.  “A OBI é mais um oportunidade de aproximação do próprio Centro e da UFPE em relação às escolas de ensino fundamental e médio.”, diz o professor.

 
  Para participar da competição, os interessados contam com duas modalidades: iniciação e programação. Na modalidade iniciação nível 1 e 2, o estudante resolve problemas de lógica e problemas de computação, sem uso de computador, apenas utilizando lápis e papel. Já na modalidade Programação Júnior, nível 1 e nível 2; o candidato precisa resolver tarefas de programação com níveis variados de dificuldade no computador. Em todas as modalidades os alunos competem individualmente e cada um poderá estar inscrito em apenas uma modalidade. 
 
  Os estudantes devem se certificar que sua escola está cadastrada conferindo a lista de escolas já cadastradas no site do evento ou solicitando a um professor que realize o cadastro da instituição. Somente professores podem realizar a inscrição dos candidatos e cadastrar a escola. O aluno também pode fazer a inscrição em alguma escola cadastrada na cidade/região dele (a critério do Delegado da OBI na escola escolhida, e sujeito a disponibilidade).
 
  Todos os participantes receberão certificados de participação. Os melhores colocados de cada modalidade receberão ainda medalhas de ouro, prata e bronze.
O Instituto de Computação da UNICAMP, organizador do evento, vai oferecer aos melhores colocados uma semana de cursos de Programação. E aqueles que se destacarem na modalidade de Programação nível 2, poderão compor a equipe brasileira na Olimpíada Internacional de Informática (IOI) na Itália, da qual mais de 70 países irão participar.
 
 
Confira algumas datas importantes sobre as inscrições abaixo:
·  Cadastro de escolas: até quatro dias antes da realização da primeira prova da modalidade correspondente (para haver tempo hábil para conferência dos dados informados com a escola) Ou seja:
· 27/03/2012 – Para a modalidade Programação nível 2
· 10/04/2012 – Para as modalidades Iniciação (níveis 1 e 2) e modalidades Programação (Júnior e nível 1)
·  Registro dos competidores: até dois dias após da realização da prova da Fase 1 da modalidade correspondente Ou seja:
· 02/04/2012 – Para a modalidade Programação nível 2
· 16/04/2012 – Para as modalidades Iniciação (níveis 1 e 2) e modalidades Programação (Júnior e nível 1)
 
Mais informações pelo site do evento: http://olimpiada.ic.unicamp.br/
 

 

Comentários desativados