Como resultado da disciplina Projeto de Desenvolvimento, conhecida como Projetão, alunos do Centro de Informática (CIn) da UFPE criaram a Startup PROCURA, que busca impactar positivamente na qualidade de vida das pessoas através de soluções inovadoras. Neste sentido, o grupo desenvolveu o aplicativo eVita, capaz de checar interações medicamentosas e contra indicações de forma rápida e segura.
 
A PROCURA apresenta o aplicativo móvel eVita, cujo banco de dados é composto por informações de grandes laboratórios americanos, sites especializados, ANVISA e pesquisas feitas em universidades. O app permitirá que o médico verifique se há ou não interações entre medicamentos consultados a partir de nomes comerciais ou científicos. Além de informar o grau e as descrições dessas reações, o programa também poderá sugerir alternativas adequadas a um determinado quadro clínico que evite e/ou amenize as interações encontradas.
 
O eVita é o primeiro aplicativo nacional capaz de checar as interações e contra-indicações medicamentosas de forma direta e tem como objetivo aumentar a agilidade e segurança nas prescrições de medicamentos, fornecendo aos profissionais de saúde uma ferramenta de apoio à decisão.
 
A Startup PROCURA é formada por uma equipe multidisciplinar com nove alunos de Ciências da Computação, um de Design e um de administração. Sobre a experiência do Projetão, Victor Cavalcanti, gerente geral da PROCURA, destaca os ricos feedbacks fornecidos pelos professores Geber Ramalho e Cristiano Araújo, além dos empreendedores e investidores convidados. “A forma como a cadeira é estruturada, incentivando a colocar tudo em prática e correr para validar no mercado, fornece uma experiência única de amadurecimento”, comenta.

Comentários desativados