Criada em janeiro de 2013 e incubada no Instituto Tecnológico de Pernambuco (ITEP), a startup MobDoctor, desenvolvida por estudantes do Centro de Informática (CIn) da UFPE, entra neste semestre em fase comercial. O software já está sendo utilizado ativamente por médicos e pretende ampliar o sistema de planos. Ele é desenvolvido pelos alunos de Ciência da Computação Renato Oliveira, José Carlos Menezes e Fernando Lins e pelo graduado em Engenharia da Computação e especialista em informática pela Universidade do Texas, Fred Rabelo.
 
O MobDoctor tem como objetivo facilitar a atuação médica de profissionais de saúde, permitindo o acesso personalizado a prontuários e fichas clínicas através de dispositivos móveis. “O MobDoctor é um software multiplataforma nas nuvens, disponível como um SaaS (software as a service) na web. No MobDoctor, o profissional de saúde tem acesso aos dados e informação médica de seus pacientes de qualquer lugar, a qualquer hora, através do seu celular ou computador”, afirma Rabelo. Mais informações sobre o serviço podem ser encontradas no site http://mobdoctor.me/.

    

Comentários desativados