O resultado foi obtido através de uma análise de impacto

Os professores do Centro de Informática (CIn) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) Carla Silva, Fernando Castor, Jaelson Castro e Sérgio Soares estão entre os 20 autores mais produtivos do Simpósio Brasileiro de Engenharia de Software (SBES).

Além disso, os quatro professores também fazem parte do grupo de autores de maior impacto do Simpósio, sendo classificados entre os pesquisadores que mais atraíram citações para a SBES. Neste rol, o professor Jaelson Castro ganha destaque, como o segundo autor com o maior número de citações. 

Com uma trajetória de 30 anos de contribuições ao SBES, o professor Jaelson desempenhou diversas funções em edições anteriores do simpósio. Ele já atuou como Autor, Membro do Comitê de Programa, Presidente do Comitê de Programa em duas ocasiões, Organizador Geral e Coordenador da Comissão Especial de Engenharia de Software (CEES) em três oportunidades.

“Em conjunto com pesquisadores e alunos do CIn conquistamos vários reconhecimentos, tais como indicação e premiação para Melhor Artigo e Tese de Doutorado em Engenharia de Software. Além disso, no ano de 2015, recebi o Prêmio de Contribuição Relevante para a Engenharia de Software no Brasil concedido pela CEES. Para mim, é bastante gratificante ser agora também reconhecido como um dos autores mais produtivos do evento, ter contribuído para atrair mais citações para o SBES e aumentar o impacto do Simpósio”, comenta o professor.

Para chegar a estes resultados, o Laboratory Interdisciplinary Studies on Research Performance (Lisorpe) analisou 1.094 autores de 478 artigos indexados no simpósio entre os anos de 2009 a 2020. Deste número, a média de citações dos documentos foi de 3.272.

O Simpósio Brasileiro de Engenharia de Software (SBES) é promovido anualmente pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC) e é o principal evento de Engenharia de Software da América Latina, sendo realizado em conjunto com o CBSoft. Para a professora Carla Silva, o evento foi extremamente importante na sua construção profissional e acadêmica. 

“O SBES foi o primeiro simpósio onde apresentei resultados da minha pesquisa quando era aluna da pós-graduação do CIn e é um evento frutífero de novas ideias e colaborações. Depois que me tornei orientadora de pós-graduação, passei a incentivar meus alunos a submeterem artigos e a participarem do SBES para que eles tivessem a mesma experiência que tive quando aluna”, revelou. 

Além disso, de acordo com a docente, o recente destaque conquistado por ela e seus colegas do Centro de Informática demonstram o grau de relevância e excelência com os quais as pesquisas são desenvolvidas no CIn. 

“A comunidade de Engenharia de Software no Brasil é enorme e ver meu nome entre os mais citados do SBES é uma honra não só por estar ao lado de colegas da área a quem admiro, mas também pelo reconhecimento da relevância das pesquisas que conduzimos aqui no CIn”.

.

Comentários desativados