Entre os dias 13 e 17 de julho o grupo de pesquisa em robótica do CIn-UFPE somou novas vitórias ao seu histórico

O grupo de pesquisa em robótica do Centro de Informática (CIn) da UFPE, o RobôCIn, participou da RoboCup 2022, em Bangkok, na Tailândia, entre os dias 13 e 17 de julho. Com duas equipes na competição, o grupo foi campeão na categoria Small Size League (SSL), na divisão B, ganhando também o desafio de Ball Placement e chegando a segundo colocado no Vision Blackout Challenge e a terceiro no Dribbling Challenger. Já na categoria 2D Simulation, a equipe do RobôCIn ficou em 10º lugar, melhor colocação de uma equipe sul americana na edição, e em sexto lugar no Challenger.

A RoboCup é a maior competição internacional de robôs autônomos do mundo e a equipe do CIn-UFPE também conquistou destaque no simpósio do evento, onde publicou três artigos e um deles foi nomeado para o prêmio de melhor Paper, o trabalho intitulado “An Embedded Monocular Vision Approach from Ground-Aware Objects Detection and Position Estimation”.

“A participação foi emocionante, no 2D enfrentamos as equipes mais experientes da categoria e na SSL tivemos 3 equipes brasileiras e uma alemã no top 4, mais uma vez o RobôCIn precisou superar diversos problemas, e contou com os alunos que viajaram e alunos que do CIn, dia e noite ajudaram remotamente. Mostrando uma incrível união e dedicação”, compartilhou Lucas Cavalcanti, membro da equipe. 

Lucas lembra também da importância da crescente participação do RobôCIn na RoboCup, que hoje contém o estado da arte de robótica autônoma, com o melhor resultado que uma equipe brasileira já teve, tanto no SSL quanto na 2D Simulation. Além disso, a cada ano, o grupo aumenta o número de artigos publicados, demonstrando maturidade científica e a cultura de planejamento a longo prazo, disciplina e fomento do desenvolvimento que herdou do CIn-UFPE. 

A coordenadora do Robô CIn, professora Edna Barros,  relata que a participação na RoboCup em 2022 foi mais um desafio para a equipe. Aliada à dificuldade na obtenção de recursos financeiros, a equipe teve que vencer a falta de componentes eletrônicos no mercado com a reutilização de componentes de versões anteriores dos robôs. Além disso, a equipe teve que trabalhar de forma bastante integrada e coesa, para garantir que tudo funcionasse: software, eletrônica, mecânica e comunicação entre os robôs e computadores. “Graças a esse espírito de união e colaboração de todos os membros da equipe e também de membros egressos do RobôCIn é que estamos conseguindo melhorar nossos robôs, nosso software, nunca deixando de ser uma grande família. O apoio dos patrocinadores também foi fundamental financeiramente para a participação na competição, mas também foi importante para mostrar para a equipe que importantes empresas nacionais e internacionais reconhecem e acreditam no nosso trabalho”, finaliza Edna.

Em duas participações anteriores na copa, o grupo conquistou o 3º lugar geral na categoria SSL e o 7º lugar geral em Simulação 2D. Na competição IronCup de 2021, foram campeões nacionais na modalidade VSS e 3º lugar em Simulação 2D. Outras conquistas na trajetória do RobôCIn são o primeiro lugar na edição 2021 do Campeonato Latino Americano de Robótica (LARC) na categoria Very Small Size Soccer (VSS 3X3), o bicampeonato na categoria Small Size League (SSL) e o primeiro lugar na categoria de Simulação 2D.

Quando foi criado, em 2015, tinha 12 estudantes de Engenharia da Computação como membros e a ajuda dos professores Edna Barros e Hansenclever Bassani. Hoje, são 47 estudantes de graduação e pós-graduação, junto a quatro professores orientadores, que compõem o grupo e desenvolvem soluções utilizando Inteligência Artificial, Visão Computacional, Mecânica e Eletrônica Embarcada aplicadas à robótica. 

.

Além disso, o grupo tem as empresas Veroli Transportadora, Baterias Moura, HSBS Soluções, CESAR e Microsoft como parceiras. E contou também com a colaboração dos torcedores através de uma Vakinha Online para arrecadação do dinheiro necessário para que a ida dos membros da equipe à Tailândia fosse possível. Os resultados do RobôCIn nesta edição do campeonato são muito importantes para a equipe e conquistas ainda maiores virão na próxima RoboCup.

Comentários desativados