Pós-Graduação Profissional em Ciência da Computação    CIn / UFPE 

Defesa de Dissertação de Mestrado Profissional Nº 342

Nome da Aluna: Rafaela Helena Santos

Nome do Orientador: Hermano Perrelli de Moura

Nome do co-orientador:  Prof. Alexandre José Henrique de Oliveira Luna

Título da Dissertação:  MAnGvecraft: uma abordagem gamificada para o aprendizado de governança ágil

Data da Defesa: 29/07/2022

Hora/Local: 10:00h –Virtual (Interessados em assistir entrar em contato com  a secretaria do Programa secmprof@cin.ufpe.br)   

Banca Examinadora:

Prof. Hermano Perrelli de Moura (CIn/UFPE)

Prof. Ivaldir Honório de Farias Júnior (UPE)

Prof. José Gilson de Almeida Teixeira Filho (CCSA/UFPE)

Resumo:

A área de TIC de instituições públicas e privadas possuem grandes desafios: Entregar valor para o negócio através de serviços de TIC de qualidade. Essa área precisa ser um agente provocador de mudanças, de melhoria contínua, inovação e agilidade, não só para TIC como para toda a organização. Diante desse cenário, a Governança em TIC, vem ao encontro quando se trata de estrutura organizacional e processos que promovam valor ao negócio. Considerando a baixa aderência aos elementos e processos tradicionais de Governança de TIC, como por exemplo (COBIT, ITIL) bem como pela falha na comunicação e o desengajamento na área de TIC, as organizações sentiram uma necessidade de se adaptar às novas exigências do mercado que exige cada vez mais uma alta capacidade de resposta às mudanças. Ao encontro dessas necessidades as metodologias ágeis vêm trazendo respostas, sendo assim surge a necessidade de se aderir a Governança Ágil em TIC, que de acordo com Luna (2009), sugere a aplicação dos princípios e valores das Metodologias Ágeis aos Processos de Governança em TIC convencionais. Seguindo esta linha, foi criado por Luna (2009) um framework ágil de referência para este conceito, denominado MAnGve – Modelo Ágil no Apoio à Governança em TIC. Porém, sabe-se que a aprendizagem de um método de Governança Ágil pode não ser trivial. Além disso, o conteúdo pode não ser considerado interessante por algumas pessoas. Motivação e engajamento são geralmente considerados pré-requisitos para a realização de uma tarefa ou incentivo de um comportamento específico. No processo de aprendizado, as razões para desistências ou baixo desempenho incluem tédio ou falta de engajamento. Diante disso, este trabalho apresenta uma abordagem fundamentada em gamificação, com implementação de um jogo na plataforma classcraft no estilo RPG (Role Playing Game) baseado no MAnGve, para que seja utilizada na capacitação e treinamento de equipes. A aplicação de uma abordagem gamificada que promova o engajamento da equipe pode acarretar no desenvolvimento de novas habilidades e competências, sugerir atitudes, impulsionar o trabalho em equipe e aumentar o senso de colaboração e produtividade. Como produto dessa abordagem foi gerado o MAnGvecraft, uma abordagem gamificada para o aprendizado de governança ágil. Para avaliar a proposta apresentada foi realizado um grupo focal onde foi avaliado se a abordagem gamificada pode promover o engajamento e facilitar o aprendizado de um framework de Governança Ágil e motivar a sua aplicabilidade em situações reais.

Palavras-chave: Gamificação. Educação. Governança Ágil em TIC.

Comentários desativados