Interligar turistas a taxistas, estabelecimentos comerciais e hotéis através de um aplicativo para smartphones chamado SuaRota. Este foi o produto desenvolvido por um grupo de alunos do Centro de Informática (CIn) da UFPE, como resultado da disciplina Projeto de Desenvolvimento, mais conhecida como Projetão. Nela os alunos precisam criar empresas fictícias e lidar com um ambiente empresarial focado nas necessidades do mercado. Neste caso, a empresa responsável pelo produto é a PONTI.

Enquanto o turista melhora seu planejamento de viagem, com indicação de pontos turísticos, restaurantes, empresas de táxi, de aluguel de carros e até rede de hotéis; os clientes da PONTI (donos dos estabelecimentos) recebem em troca o feedback dado pelos usuários, além da publicidade feita no aplicativo, oferecendo um aumento do fluxo de clientes utilizando o serviço. “Esses feedbacks são motivados pelo ganho de pontuações ao realizar os comentários e ao visitar os estabelecimentos indicados pelo nosso aplicativo. As pontuações podem ser usadas nas trocas por promoções oferecidas pelos estabelecimentos, logo, o cliente ganha por conhecer um local diferente e o estabelecimento ganha por ter mais clientes”, explica a Gerente Geral da PONTI, Mariana Pinheiro. Ela conta ainda que a disciplina ‘Projetão’ serve para motivar a criatividade dos alunos a pensar algo inovador.
Além de Mariana, o grupo de alunos da empresa PONTI é composto também por Arthur Freitas (Desenvolvedor), Dalton Pessoa (Desenvolvedor), Davi Duarte (Desenvolvedor e Gerente de Tecnologia), Davi França (Desenvolvedor), David Hulak (Desenvolvedor), Eduardo Bastos (Desenvolvedor), Ellís Carvalho (Desenvolvedora), Hugo Neiva (Desenvolvedor), Isadora Barros (Desenvolvedora e Gerente de Usabilidade), Marcio Barbosa (Desenvolvedor), Pedro Victor (Desenvolvedor), Thales Tenório (Desenvolvedor), Tullio José (Desenvolvedor).

Comentários desativados