A comunidade acadêmica da Universidade Federal de Pernambuco volta às urnas, na próxima quarta-feira (13), para escolher o reitor que irá dirigir a instituição de 2015 a 2019. Disputam o segundo turno da eleição os professores Anísio Brasileiro, atual reitor, do Departamento de Engenharia Civil, e Edilson Fernandes, do Departamento de Educação Física. A votação, que ocorre nos três campi (Recife, Vitória e Caruaru), terá início às 9h e se estenderá até as 21h. Será vencedor o candidato que obtiver maior número de votos válidos, considerando a ponderação paritária entre os três segmentos – docentes, servidores técnico-administrativos e estudantes.
 
A apuração, que ocorrerá no Auditório Reitor João Alfredo, na Reitoria, vai ser rápida, porque serão utilizadas 78 urnas eletrônicas, cedidas pelo Tribunal Regional Eleitoral. Será necessário utilizar nove urnas manuais, cujos votos serão contados pelos membros da Comissão Eleitoral nos respectivos centros e os boletins de urna, enviados para a coordenação geral no Recife. A apuração poderá ser acompanhada pelo painel virtual, no hall da Reitoria, e on-line.
 
São 43.022 eleitores: 2.422 docentes do Magistério Superior e do Colégio de Aplicação, em efetivo exercício; 4.180 técnicos administrativos do quadro permanente, em efetivo exercício; e 36.420 alunos dos cursos de graduação (presencial e do ensino a distância), pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) e dos programas de residência. Não vão participar do colégio eleitoral os professores substitutos e servidores à disposição da Universidade e terceirizados. Cada segmento (docentes, técnicos administrativos e alunos) representa um terço dos votos. Os números foram atualizados após o primeiro turno.
 
SEÇÕES ELEITORAIS – Em cada centro, haverá seções eleitorais específicas por segmento: uma para docentes, outra para técnicos administrativos e outra para alunos. As 78 urnas eletrônicas serão distribuídas assim: 15 para os docentes, em 12 centros e Hospital das Clínicas; 20 urnas para técnicos (12 centros, Biblioteca Central, Reitoria, NTVRU e Hospital das Clínicas) e 43 urnas para alunos (12 centros, residências e educação a distância/Biblioteca Central). Os alunos do ciclo geral e do ciclo básico votarão nas urnas localizadas nos centros correspondentes ao funcionamento dos cursos a que estejam vinculados. Os estudantes vinculados aos cursos EAD votarão em um dos três campi, conforme proximidade com seu respectivo polo. A lista dos votantes por unidade acadêmica ou órgão suplementar está disponível no hotsite das Eleições 2015. Também é possível saber o local de votação no Sig@ usando o CPF.
 
Haverá três urnas manuais em cada um dos três campi. No caso do Campus Recife, as seções especiais com urnas manuais serão instaladas no Auditório Reitor João Alfredo, no 1º andar da Reitoria. Nessa seção, votarão os docentes, técnicos, ou alunos que comprovem vínculo, porém não estejam com seus nomes na lista do órgão de origem. Em Caruaru e Vitória, também utilizarão as urnas manuais aqueles que não estejam com seus nomes na lista do órgão de origem. Ainda em Caruaru, também votarão em urna manual os 13 residentes do curso de Medicina.
 
DOCUMENTO NECESSÁRIO – No momento do voto, o eleitor deve apresentar documento de identificação com foto: carteira de identidade ou RG expedida por órgão competente; carteira de motorista expedida pelo Detran; carteira de estudante expedida pelo órgão de representação estudantil; ou crachá funcional dos docentes e servidores expedidos pela UFPE. Caso o nome do eleitor do Campus Recife não conste da lista ou folha de votação, ele deve ser encaminhado à Comissão Eleitoral, no Auditório Reitor João Alfredo, na Reitoria. No caso do Centro Acadêmico de Vitória (CAV) e no Centro Acadêmico do Agreste (CAA), o eleitor que não constar da lista deve procurar os locais indicados pela Comissão Eleitoral nestes centros.
 
Constando o nome do mesmo eleitor em mais de uma lista eleitoral, ele votará somente uma vez. Se for professor detentor de dois cargos docentes, ele votará de acordo com o cargo mais antigo. Se for professor com cargo técnico-administrativo e/ou estudante, votará como docente. No caso de estudante matriculado em dois cursos, ele votará no curso de matrícula mais antiga. E se for servidor técnico-administrativo e estudante, votará como servidor.
 
COLÉGIO ELEITORAL –Proclamado o resultado final da consulta e julgados todos os recursos pendentes, a Comissão Eleitoral elaborará um relatório final com a lista com até três nomes para cada cargo, de reitor e vice-reitor, na ordem decrescente do número de votos obtidos, ponderados individualmente, para a elaboração da lista tríplice pelo Colégio Eleitoral Especial. Esse relatório final será encaminhado ao presidente do Colégio Eleitoral Especial, constituído pelo Conselho Universitário. Ao final de todo o processo, o resultado da consulta, com a lista tríplice, será encaminhado ao Ministério da Educação para a nomeação do novo reitor. Confira o calendário da eleição na Instrução Normativa 3.
 
CANDIDATOS À REITORIA
 
Chapa 56: Avançar e Inovar Mais
Reitor: Anísio Brasileiro de Freitas Dourado
Vice-reitora: Florisbela de Arruda Câmara e Siqueira Campos
 
Chapa 58: Somos todos UFPE
Reitor: Edilson Fernandes de Souza

Vice-reitora: Luciana Cramer 

Comentários desativados