Pós-Graduação Profissional em Ciência da Computação  –  CIn / UFPE 

Defesa de Dissertação de Mestrado Profissional Nº 311

Nome do Aluno: Paulo Alberto Gonçalves Lins

Nome do Orientador:  Patrícia Cabral de Azevedo Restelli Tedesco

Título da Dissertação:  TIC Verde: Análise de iniciativas e práticas adotadas no Instituto Federal do Amazonas – Campus Humaitá.

Data: 14/07/2020

Hora: 15:00h – Virtual : meet.google.com/jxz-chjn-ozb

Membros da Banca: 

Prof.  Hermano Perreli de Moura (CIn/UFPE

Prof. Bruno Freitas Gadelha (Instituto de Computação/UFAM)

Profa. Patrícia Cabral de Azevedo Restelli Tedesco (CIn/UFPE)

Resumo:

A temática da sustentabilidade ambiental vem ganhando força principalmente devido às necessidades de utilização de cada vez mais recursos de informática por parte das pessoas em suas atividades do dia-a-dia. No mundo dos negócios não é diferente, tal, aspecto tem sido reconhecido pelas organizações como estratégias essenciais para o seu crescimento econômico. Organizações preocupadas com meio ambiente buscam inserir em seus processos internos soluções criativas, que reduzam a quantidade de resíduos gerados por suas atividades. Diversas delas se empenham em realizar iniciativas sustentáveis que agreguem a sua organização uma imagem transparente perante a sociedade e governos. Neste cenário de desenvolvimento sustentável, as organizações tendem a se moldar para atender às atuais necessidades do seu consumidor, esta tendência se mostra evidente nas práticas de tecnologia da informação (TI), emergindo o conceito de TIC Verde (Green ICT) que aperfeiçoa o uso de tecnologia da informação e comunicação (TIC) para uma gestão sustentável das operações das organizações, aumentando a eficiência de seus processos e reduzindo desperdícios. Com isso, várias instituições inclusive públicas (ambiente de estudo deste trabalho) procuram alinhar estratégias de negócios com sustentabilidade de suas ações, proporcionando com isso vários ganhos como: redução de custos, de insumos, menor consumo energético, melhoria na imagem institucional, emissão de gases e outros. O presente trabalho analisa os procedimentos utilizados em relação ao impacto ambiental do uso das TIC’s em caráter estratégico no Instituto Federal do Amazonas observando as consequências da adoção destas práticas com os servidores da instituição. Para isso utilizou-se o framework SGIMM (SURF Green ICT Maturity Model) para avaliação e definição do grau de maturidade institucional em relação às atividades de TIC’s verdes. De acordo com os resultados obtidos da maturidade, serão propostos temas, subtemas e ações de sustentabilidade alinhadas aos princípios da TIC verde.

Palavras Chaves: Economicidade. Sustentabilidade. TIC Verde. Computação Verde. Modelo de Maturidade em TIC Verde. SGIMM. Instituto Federal do Amazonas.

Comentários desativados