Pós-Graduação em Ciência da Computação – UFPE
Defesa de Tese de Doutorado Nº 571

Aluno: Walter Felipe dos Santos
Orientadora: Profa. Simone Cristiane dos Santos Lima
Coorientador: Prof. Ivaldir Honório de Farias Júnior (UPE / Garanhuns)
Título: Planejando Sistematicamente a Comunicação em Projetos de 
Arquitetura Corporativa no Setor Público: A proposta do Método CommitEA.
Data: 02/09/2022
Hora/Local: 14h – Virtual – Interessados em assistir entrar em contato com o aluno
Banca Examinadora:

Prof. Hermano Perrelli de Moura (UFPE / Centro de Informática)

Profa. Carina Frota Alves  (UFPE / Centro de Informática)
Profa. Flávia Maria Santoro (UERJ / Instituto de Tecnologia e Liderança)
Prof. Alixandre Thiago Ferreira Santana (UFAPE / Depto de Ciência da Computação)
Prof. Wylliams Barbosa Santos (UPE / Escola Politécnica de PE)
Prof. José Gilson de Almeida Teixeira Filho (UFPE / Depto de Ciências Administrativas)

RESUMO:

Em projetos de Arquitetura Corporativa (AC) nas Organizações do setor Público (OP), a necessidade de comunicar as informações oportunamente (no tempo certo) entre as principais pessoas interessadas no projeto (stakeholders) em vários níveis organizacionais, assim como a correta compreensão do conteúdo dessa comunicação, é um fator de extrema importância para o seu planejamento. Nessas organizações altamente hierarquizadas, tendo em vista os riscos associados ao tempo, canais e meios utilizados para divulgação dessas informações, a comunicação nesses projetos torna-se ainda mais complexa. Nesse contexto, é preciso considerar a necessidade de uma visão holística sobre o planejamento e gerenciamento de projetos de AC, fazendo da comunicação à chave para o sucesso (GROUP et al., 2018).
A comunicação é considerada um dos principais desafios para os projetos de Arquitetura Corporativa (AC). O esforço despendido para conciliar as descontinuidades semânticas e superar as complexidades da comunicação para os arquitetos corporativos e outros stakeholders costuma ser alto, fazendo do não entendimento das informações um causador de conflitos e desmotivações. Esses desafios são visíveis, inicialmente, quando é necessário traduzir os objetivos da arquitetura aos envolvidos nos processos em todos os níveis da arquitetura, em geral, associados a estratégia, processos de negócios, sistemas de informação e infraestrutura tecnológica. O esforço para comunicar com clareza, consistência e abrangência as vantagens e os benefícios da AC, bem como os riscos associados, aumenta o desafio para os envolvidos. No âmbito das Organizações do setor Público (OP), ainda existem os agravantes das constantes mudanças nas lideranças, processos, regras e direcionamentos, dificultando ainda mais a implementação e desenvolvimento da arquitetura.
Buscando a superação desses desafios, a presente pesquisa propõe um método orientado e prescritivo, baseado na captura do conhecimento sobre como planejar a comunicação para os stakeholders dos projetos de arquitetura corporativa nas organizações do setor público. A proposta se traduz em uma referência, a qual orienta o planejamento e execução de tarefas em situações específicas em projetos de AC, voltados para melhoria do processo de comunicação. Assim, por meio deste, é possível definir um fluxo de trabalho, descritos em uma linguagem de modelagem padrão, apoiada por artefatos, dando suporte ao processo de planejamento da comunicação em projetos de AC. Para concepção e construção da proposta, foi adaptado o método Design Science Research (DSR) (WIERINGA, 2014), executado em 3 (três) etapas, cada uma delas contemplando as atividades referentes ao entendimento e análise do problema em questão, design das propostas de
solução e consequente avaliação dos artefatos desenvolvidos. Como principais resultados obtidos, destacam-se: um Mapeamento Sistemático (MS) sobre o uso de AC no setor público, visando identificar os benefícios, desafios, principais autores, frameworks, origem dos estudos, conceitos e definições; Pesquisa de opinião, para identificar nas organizações públicas do Brasil o perfil dos profissionais que atuam nos projetos da AC, quais são os frameworks, ferramentas, benefícios e desafios encontrados nestes projetos; Proposta de um método para o planejamento da comunicação em projetos de AC; Avaliações de utilidade e usabilidade do método com 45 participantes por meio de um instrumento baseado em modelos reconhecidos, obtendo uma alta aceitação das características avaliadas, um resultado positivo para a pesquisa, justificando sua execução e continuidade por meio dos trabalhos futuros sugeridos.


Palavras-chave: Planejamento das comunicações, Arquitetura Corporativa, 
Projetos do setor público.

Comentários desativados