Em ano de eleição a população e principalmente os próprios candidatos que almejam um cargo político querem saber o que a opinião pública está achando da campanha eleitoral. Num ambiente como o da internet, atualmente com cerca de 73 milhões de usuários brasileiros, é possível conhecer uma grande parcela dos comentários graças à crescente participação popular em mídias sociais como o Twitter, por exemplo. Foi para analisar o sentimento dos eleitores diante das eleições de 2010, que os mestrandos do Centro de Informática (CIn) da UFPE, Marcel Caraciolo, Rafael Fonseca e Bruno Melo desenvolveram o Eleitorando, sistema que processa a linguagem humana em classificações positivas, negativas ou neutras, num processo chamado análise de sentimento.

A ferramenta é uma plataforma de monitoramento de mídias sociais, inicialmente restrita ao Twitter e Youtube e nesse momento com foco nas eleições. No futuro o sistema também irá monitorar outras redes sociais sobre os mais diversos assuntos. Com o Eleitorando, é possível acompanhar “tweets” em tempo real, ter uma análise automatizada dos comentários, números consolidados das exibições de vídeos no Youtube, além de outras informações e estatísticas de extrema importância numa campanha eleitoral. Com a plataforma, os candidatos tem um feedback direto do que pensam e como pensam os eleitores, permitindo assim, uma maior interação e diálogo entre os dois lados.

A inovação do trabalho está na adaptação da análise para a língua portuguesa. Para isso, os estudantes tiveram que criar uma base de dados própria, já que normalmente elas são em inglês e a análise sintática das frases em português é diferente. Em testes, o nível de acertos do programa foi de 80%, número considerado satisfatório. Um dos mestrandos é sócio da empresa pernambucana Orygens que, com a parceria da Idealizza, conceberam o projeto. A ferramenta será lançada em breve e os curiosos podem se cadastrar no site www.eleitorando.com.br para serem informados sobre o lançamento.

Comentários desativados