Com informações do C.E.S.A.R


O C.E.S.A.R é o melhor Instituto de Ciência e Tecnologia do Brasil. A instituição foi a grande vencedora do Prêmio Finep de Inovação Tecnológica, edição 2010, na categoria Instituição de Ciência e Tecnologia. A final da premiação aconteceu nesta segunda-feira(29.11.2010) na CNI (Confederação Nacional da Indústria), em Brasília, contando com as presenças do ministro da Ciência e Tecnologia, Sergio Rezende, e do presidente da FINEP, Luis Fernandes. Esta é a segunda vez que o C.E.S.A.R conquista o prêmio, em 2004 o C.E.S.A.R tinha ganho prêmio na categoria mais inovadora instituição de pesquisa do Brasil.
 
"Este prêmio é um reconhecimento de que estamos no caminho certo, sempre buscando projetos desafiadores que levam inovação para a sociedade. É a materialização de um empreendimento inovador e de sucesso, mais uma vez reconhecido nacionalmente. Dedicamos esta conquista aos mais de 400 profissionais que formam o C.E.S.A.R e, em especial, àqueles que idealizaram este projeto há quase 15 anos”, comemora o superintendente do C.E.S.A.R e professor do CIn/UFPE Sergio Cavalcante.
 
O C.E.S.A.R ganhou o direito de disputar a etapa nacional por ter conquistado o prêmio como a melhor Instituição da Região Nordeste na semana passada. Na mesma categoria em que o C.E.S.A.R concorreu, também disputaram IMAmt-Instituto matogrossense do Algodão (MT), Norte-Instituto CERTI Amazônia (AM), Departamento de Inovação Tecnológica da Universidade Federal de Santa Catarina (SC), Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais (MG).
 
No julgamento, o C.E.S.A.R foi submetido a critérios como capacidade inovativa, resultados e impactos econômicos, ambientais e sociais dos projetos desenvolvidos e parceria com o setor produtivo e entidades do sistema de Ciência e Tecnologia. Os cinco vencedores nacionais receberam troféus e recursos do programa de Subvenção Econômica, que variam de R$ 120 mil a R$ 2 milhões, dependendo da categoria premiada. No caso do C.E.S.A.R, o prêmio será de R$ 1 milhão para aplicar em projetos de subvenção.
 

Comentários desativados