Até o final de setembro, mais 13 alunos do Centro de Informática (CIn) da UFPE irão embarcar para realizar intercâmbios nos mais diversos destinos. As viagens de cunho acadêmico são financiadas pelo programa Ciência sem Fronteiras, uma iniciativa dos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC), por meio de suas respectivas instituições de fomento – CNPq e Capes –, e Secretarias de Ensino Superior e de Ensino Tecnológico do MEC.
 
O intuito do programa é proporcionar 101 mil bolsas a alunos de graduação e pós-graduação de todo o país a oportunidade de fazer estágio no exterior e entrar em contato com sistemas educacionais relacionados à inovação e tecnologia, isto no período de quatro anos. Atrair pesquisadores estrangeiros e estabelecer parcerias para realização de treinamentos especializados no exterior também estão nas metas do Governo. Os processos de seleção variam de acordo com o país de destino escolhido pelo aluno.
 
Para a aluna Isadora Forte, que viajará para Coimbra, Portugal, o programa possibilita o ingresso em universidades bem conceituadas internacionalmente. “Isso agrega conhecimento à nossa formação, o que faz com que no futuro estejamos mais capacitados para exercer as carreiras almejadas. Além disso, essa experiência permite trazermos para o CIn soluções criativas para os problemas que buscamos resolver no centro com nossos conhecimentos computacionais ”, comenta.
 
Além de Isadora, também estão participando do programa os alunos Crystal Santos – que vai para Inglaterra, Vanessa Larize – Espanha, Gabrielle Campos – Inglaterra, Rodrigo Folha – Portugal, Mariana Gonçalves – Espanha, André Albert – Espanha, Thales Alex – Espanha, Rafael Isaias – Espanha, Filipe Marques – Portugal, Marcos Falcão – Inglaterra, Marianne Costa – Inglaterra, Henrique Lacerda – Inglaterra.
Para mais informações sobre o programa, acesse: http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/.

Comentários desativados