O Núcleo de Pesquisas em "Tecnologia, Lei e Sociedade" do Centro de Informática (CIn) da UFPE realiza o debate "INTERNET E LIBERDADES CIVIS", que será iniciado após a exibição da sessão especial do documentário FREENET. O evento acontecerá no dia 3 de junho (sexta-feira), às 9h, no Auditório do CIn-UFPE, Recife.

O evento, moderado por Ruy de Queiroz (CIn-UFPE), conta com a presença dos convidados: Alexandre Pimentel (TJPE, FDR/UFPE, UNICAP), Dalson Britto Figueiredo Filho (Depto. de Ciência Política/UFPE), Edilson Silva (Deputado Estadual PSOL/PE) e Maria Amália Arruda Câmara (Direito/UPE). 

Sinopse do documentário:

A world wide web foi concebida e construída a partir de um fundamento principal: a liberdade pela conexão em rede, e não demorou para se tornar o carro-chefe da liberdade de expressão do século XXI. Com ela, não somos apenas consumidores de informação, somos também produtores. Mas o quanto somos realmente livres na internet para acessar conteúdos, e nos expressarmos? Quem governa a rede? Com quais interesses? Temos privacidade? Quem garante o direito de todos os cidadãos a uma conexão rápida e de baixo custo? Essas e outras questões são debatidas em FREENET por especialistas e ativistas como Lawrence Lessig, Nnenna Nwakanma, Sergio Amadeu da Silveira, Edward Snowden, entre muitos outros. O filme passeia pela África, Índia, Estados Unidos, Brasil e Uruguai mostrando iniciativas e obstáculos para a democratização do acesso à internet e para a garantia de neutralidade da rede.

 

As inscrições e outras informações estão disponíveis no Eventick:

http://www.eventick.com.br/freenet-internet-e-liberdades

 

Página no Facebook: https://goo.gl/fUvqom

 

BIOGRAFIAS

 

ALEXANDRE PIMENTEL

Alexandre Freire Pimentel – Com Pós-Doutorado pela Universidade de Salamanca (USAL- Espanha – Bolsista da CAPES-FUNDAÇÃO CAROLINA – 2011-2); Mestre (1997) e Doutor (2003) em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco; Professor de direito processual civil e direito da informática da Universidade Católica de Pernambuco (graduação e PPGD) e da Faculdade de Direito do Recife (FDR-UFPE). Atua na área de Direito Processual Civil, Direito da Informática e Lógica. Membro do Comitê Científico de Iniciação à Pesquisa – CCIP – da UNICAP (2008). Membro do comitê de gerenciamento do processo eletrônico do TJPE. Juiz da Propaganda Eleitoral do TRE-PE (2014). Coordenador dos cursos internacionais da Escola Judicial do TJPE (2015). Membro da ANNEP (Associação Norte e Nordeste de Professores de Processo Civil). Membro da ABDPro (Associação Brasileira de Direito Processual). Consultor ad-hoc da CAPES. Colaborador da ENFAM (Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados). Diretor da EJE (Escola Judicial Eleitoral – TRE-PE: 2015-2016). Consultor do CONPEDI (Conselho Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Direito). Membro do corpo editorial dos seguintes periódicos: Revista Iudicium – Estudios procesales de la Universidad de Salamanca-España; Scientia Iuris; Pensar (UNIFOR); Associação de Linguagem & Direito ( ALIDI); Revista da ESMAPE; PROPAGARE – Revista Científica Da Faculdade Campo Real; FESMPDFT – Fundação Escola Superior do MPDFT; Ajuris (Porto Alegre); Revista do Centro de Estudos Judiciários (CEJ) do Tribunal de Justiça de Pernambuco. Advogado (1989-1991). Promotor de Justiça. (1991-1992). Juiz de Direito Titular da 29ª Vara Cível do Recife. Diretor da Escola Judicial do TRE-PE.

 

DALSON BRITTO FIGUEIREDO FILHO

Professor Adjunto do Departamento de Ciência Política, vice-coordenador do Programa de Pós-graduação em Ciência Política (PPGCP – UFPE), coordenador científico do Mestrado Profissional em Políticas Públicas (MPPP – UFPE) e Catalisador do Berkeley Initiative for Transparency in the Social Sciences (BITSS, 2015). Doutor em Ciência Política pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE, 2012). Foi pesquisador visitante na Universidade de Indiana (Bloomington, 2014), na William Mitchell College of Law (Saint Paul, 2011) e na Universidade de Wisconsin (Madison, 2009). Mestre em Ciência Política (UFPE, 2009) e bacharel em Ciências Sociais (UFPE, 2005) com graduação sanduíche na Universidade do Texas (Austin, 2003). Atualmente é fellow do Summer Program in Social Science (2015-2017). Atua nas áreas de métodos quantitativos, financiamento de campanha e estudos legislativos.

 

EDILSON SILVA

Primeiro deputado estadual eleito pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) em Pernambuco, Edilson Silva foi indicado pela bancada de Oposição para presidir a Comissão de Cidadania, Direitos Humanos e Participação Popular. Como militante político, prioriza o debate nas áreas de direitos humanos e cidadania, no sentido amplo (mobilidade, saúde, educação, moradia, comunicação e segurança) e também entendido como extensão e garantia de direitos às minorias e população historicamente oprimidas, como negros, índios, mulheres e pessoas LGBT. Nascido em Resende, no Rio de Janeiro, iniciou sua militância no movimento estudantil ainda na década de 1980. Filho de pai paraibano e mãe catarinense, Edilson também militou no movimento sindical por pouco mais de uma década, compondo a direção de federações nacionais e da CUT. Chegou a Pernambuco no início da década de 1990. É fundador e atual presidente estadual do PSOL, por onde disputou as eleições para governador (2006 e 2010) e para a Prefeitura do Recife (2008).

MARIA AMÁLIA ARRUDA CÂMARA

Possui graduação em Bacharelado em Direito pela Universidade Católica de Pernambuco(2002), mestrado em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco(2004), doutorado em Ciência Política pela Universidade Federal de Pernambuco(2012) e doutorado em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco(2010). Atualmente é Professor de Ensino Superior da Universidade de Pernambuco e Gerente da Divisão Lato Sensu da Pós-Graduação da Universidade de Pernambuco. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direitos Especiais. Atuando principalmente nos seguintes temas: Democracia, Tecnologia da informação, Política mundial, Intervenção estatal, Garantias constitucionais e Internet.

Comentários desativados