Refletindo sobre possíveis cenários para o futuro da saúde e da educação no Brasil e a integração dessas áreas com a tecnologia, a disciplina de Empreendedorismo do Centro de Informática (CIn) da UFPE, ministrada pelo professor Fábio Silva, vai abrir ao público as suas apresentações finais nesta quinta-feira (06). A mostra acontece a partir das 8h, no auditório do Bloco E do CIn, e vai falar sobre empreendimentos associados a esses setores que foram pensados pelos alunos visando o ano de 2030.

Segundo Fábio, o escopo da disciplina consistiu em “estudar e aplicar ferramentas de pensamento de futuro para desenvolver cenários e transformações nos setores da saúde e da educação.” Levando os alunos a pensar quais seriam esses cenários com base em indícios do que já vem sendo desenvolvido atualmente, mas que, por outro lado, ainda não se tornaram uma realidade palpável, as atividades da cadeira giraram em torno de “análises de sinais de mudança, construção de cenários, criação de personas, artefatos e empresas do futuro”. O objetivo final era provocar os alunos à respeito da necessidade de uma mudança na cultura do empreendedor, levando-os a primeiro olhar para o meio que se deseja inovar para, em seguida, apresentar soluções que atendam aos anseios do usuário. 

Nesse sentido, o estudante Hywre Cesar, da equipe focada na área de saúde, explica que os alunos foram “levados a pensar no futuro, e não ter uma visão de empreendedor de retrovisor, vendo o que foi feito e correndo atrás”. Ele defende que a importância em pensar nesse cenário está em se antever em relação a concorrência abrindo um novo nicho de mercado e, assim, criando uma consciência de empreendedorismo que se adequa a realidade e não simplesmente “copia ideias já prontas”. 

Comentários desativados