O Centro de Informática (CIn) da UFPE, juntamente com outras 10 instituições, foi selecionado para receber credenciamento pela Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) para executar projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I). A área do credenciamento é a de Tecnologias e Sistemas Veiculares. O CIn atuará em projetos de PD&I com soluções de hardware e software para toda a sua cadeia de valor, pretendendo se tornar referência nacional para o setor.

Cerca de 30 milhões de reais estarão disponíveis para investimento em projetos de inovação pelas instituições credenciadas, de acordo com as demandas do setor industrial. O Centro contribui para que o Recife se consolide como uma das cidades no Brasil que se destaca como provedora de soluções de tecnologias inovadoras para a indústria. O professor André Santos, diretor do CIn, ressalta a importância do centro se tornar uma unidade Embrapii: “Sermos uma unidade Embrapii reconhece a capacidade que temos para realizar projetos inovadores nesta área, apoiando a ampliação das cooperações que temos com as empresas desse setor.” 

Selecionada dentre outras 37 propostas, o CIn apresentou como projeto atuar em Sistemas Automotivos, Software para Sistemas Veiculares e Automação, Modelagem e Segurança Veicular. Um dos principais impactos esperados do credenciamento do CIn é o aumento e a diversificação de parcerias do CIn com a indústria, que está previsto no planejamento estratégico da Coordenação de Cooperação e Inovação do Centro.

Além do estímulo à produção acadêmica e à interação com o setor produtivo, a ação também vai propor a participação de estudantes de graduação e pós-graduação em projetos Embrapii, no modelo hands-on, que permite o aprendizado a partir da experiência real, atuando em projetos de pesquisa aplicada com a indústria. 

Além da unidade de Embrapii da UFPE, as outras 10 instituições selecionadas foram a UFV, UFSM, UFSCar, UFABC, Unifesp, UFC, UFLA, UFG, FURG e a UFAL.


Sobre a Embrapii – É uma organização social de instituição privada sem fins lucrativos, que tem como principal missão contribuir para o desenvolvimento da inovação e da competitividade da indústria brasileira com o atendimento às demandas de inovação do setor produtivo. A organização  pode atrair empresas pelo conhecimento existente e por sua capacidade de geração de soluções tecnológicas das novas unidades e incentivar a inovação nas universidades federais.

Comentários desativados