O artigo “What Makes a Great Maintainer of Open Source Projects?”, de co-autoria do professor Fernando Castor, do grupo de pesquisa e produtividade de software (SPG) do Centro de Informática (CIn) da UFPE, recebeu o Distinguished Paper Award da 43rd International Conference on Software Engineering (ICSE), principal evento científico mundial na área de Engenharia de Software.  

A partir de entrevistas com mais de 30 mantenedores de bons projetos de Software Livre e Código Aberto, foi constatado que características como boa capacidade de comunicação e paciência são consideradas tão importantes quanto, ou até mais que, características técnicas de pessoas responsáveis pela manutenção de projetos de Software Livre.

Os pesquisadores Paulo Meireles, da Universidade Federal de São Paulo, Igor Steinmacher e Igor Wiese, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, o alumni do programa de doutorado do CIn, Gustavo Pinto, e Edson Dias, da Universidade Federal do Pará também são colaboradores do projeto.

Segundo o professor Fernando Castor, “O ICSE é de longe o principal evento científico do mundo em engenharia de software e geralmente tem poucos artigos de brasileiros publicados. E este é um artigo que todos os autores são brasileiros, todos trabalhando no Brasil, que não só foi aceito, como ganhou Distinguished Paper, que é um prêmio dado aos 10% melhores artigos que foram publicados. Eu fiquei muito feliz, nunca tinha tido algo nesse nível em todos esses anos de carreira”.

Para o professor Paulo Borba, também pesquisador do SPG, “a excelência da pesquisa do CIn está sendo reconhecida por meio de um dos melhores artigos da melhor conferência de engenharia de software. Em termos de excelência em pesquisa, isso é o máximo onde podemos chegar”.

Sobre o SPG: O Grupo de Produtividade de Software é um grupo de pesquisa do CIn-UFPE que investiga e desenvolve ferramentas, técnicas e processos para melhorar os níveis de produtividade de desenvolvimento de software sem comprometer o software e os fatores de qualidade da vida humana.

Comentários desativados