A Moises.ai, plataforma norte-americana criada por desenvolvedores brasileiros, já é considerada revolucionária na indústria musical ao utilizar tecnologia de Inteligência Artificial em seu aplicativo. Com a colaboração do professor do Centro de Informática (CIn) da UFPE, Giordano Ricardo, a plataforma promoveu o desafio Chord Detection Challenge. A cerimônia de premiação, onde será divulgada a lista de vencedores, ocorre nesta quinta-feira (10) e será transmitida pelo Zoom para os participantes da competição.

O desafio parte da união de forças com as mentes criativas de sete equipes formadas por 17 alunos. Os estudantes fazem parte do CIn, bem como das Universidades Federais da Paraíba (UFPB), de Campina Grande (UFCG) e do Amapá (UNIFAP) para a construção do melhor algoritmo de detecção de acordes, a fim de fornecer a músicos amadores e estudantes de música uma nova experiência de aprendizado. Os projetos submetidos pelos times serão avaliados por um grupo de profissionais que irão analisar os critérios definidos nas regras do projeto. 

“Estou empolgado com o desafio. Muitas equipes se empenharam em resolver um problema real, relevante, para atingir milhões de usuários no mundo inteiro. Além disso, o desafio mostra um novo caminho de interação entre Universidade e empresas”, comenta Cabral.

Experiência – O Moises.ai pensou no desafio como uma oportunidade de fomento à inovação na área de music tech e a identificação de novos talentos na área. Além do prêmio em dinheiro, os alunos que se destacarem terão a oportunidade de uma entrevista de estágio com o Head de Ciência de Dados do Moises.ai.

Comentários desativados