Um artigo desenvolvido pelo alumni do Centro de Informática (CIn) da UFPE João Tragtenberg, com coautoria do professor do CIn Filipe Calegario e do doutorando do Centro de Artes e Comunicação (CAC) da UFPE GG Albuquerque, foi premiado durante a NIME 2021. Considerada o principal evento de tecnologia musical, a Conferência Internacional em Novas Interfaces para Expressão Musical concedeu o mérito “Pamela Z para Inovação” ao trabalho “Gambiarra and Techno-Vernacular Creativity in NIME Research” durante transmissão online ocorrida entre os dias 14 e 18 de junho. 

A pesquisa apresenta a gambiarra como força criativa que nasce a partir da precariedade e discute contribuições em tecnologias musicais do Brasil e de outros países sub-representados nos espaços internacionais. O prêmio conquistado pelos pesquisadores visa destacar contribuições inovadoras para a diversidade e a inclusão. O trabalho está disponível no site da NIME e pode ser acessado através do link.

O professor Filipe Calegario explica a relevância do artigo desenvolvido ter sido reconhecido e contemplado numa conferência internacional. “A premiação mostra a importante inserção do CIn na comunidade global de tecnologia musical no contexto da produção de pesquisa científica. A NIME, que foi organizada pela universidade NYU Shanghai, na China, é uma conferência bem avaliada com conceito A3 no Qualis da CAPES. Além disso, vale ressaltar a construção de uma parceria muito importante entre o Centro e o CAC por meio de GG Albuquerque, um dos jornalistas mais influentes na cobertura da cultura pop brasileira, com matérias escritas para a revista Vice sobre bregafunk e funk carioca, além de documentário no Spotify sobre o gênero e trabalhos para o Kondzilla”, destaca. 

Comentários desativados