Teresa tem índice H de 42 e 8.035 citações dos seus trabalhos científicos

A professora Teresa Ludermir, do Centro de Informática (CIn) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), emplacou o 25º lugar no ranking Guide2Reserach, que classifica os principais cientistas em Ciência da Computação do Brasil. 

Cada país possui um ranking, que é formado a partir do índice H do Google Scholar e do número de citações que os trabalhos científicos do pesquisador obtêm. Para integrar a lista, é necessário ter um índice H maior ou igual a 40. No Brasil, atualmente são listados somente 37 pesquisadores em computação. Dentre eles, Teresa é a única pesquisadora pernambucana. Ela tem índice H de 42 e 8.035 citações dos seus trabalhos científicos. 

Para Teresa, a conquista reflete a importância dos investimentos realizados em ciência e tecnologia no Brasil. “O ambiente diferenciado de trabalho no CIn e na UFPE fazem a diferença na vida acadêmica dos pesquisadores. Além disso, o CIn, por sua excelência, atrai bons alunos, que são ótimos parceiros nas pesquisas desenvolvidas”, celebrou a professora. 

Professora do CIn há 29 anos, Teresa realiza pesquisa em Inteligência Artificial, com ênfase em Aprendizado de Máquina e Redes Neurais, desde 1985. Ela defendeu a primeira dissertação de mestrado em Redes Neurais do Brasil, no ano de 1986, no próprio Centro, e concluiu o doutorado no mesmo tema no Imperial College of Science, Technology and Medicine, em Londres, no ano de 1990. 

A pesquisadora é membro da Ordem Nacional do Mérito Científico (Classe: Comendadora), Membro sênior do IEEE e da INNS, e Membro titular da Academia Pernambucana de Ciências. Dentre suas conquistas, foi agraciada com os Prêmios do Mérito Científico da Sociedade Brasileira de Computação e das Comissões Especiais de Redes Neurais e Inteligência Artificial da SBC. Atualmente ela é também pesquisadora 1A do CNPq.

Comentários desativados