Certame vai distribuir, ao todo, R$ 5 milhões entre as 120 propostas selecionadas. Resultado foi divulgado na última sexta-feira (29)

A Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (FACEPE), vinculada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pernambuco (SECTI-PE), divulgou na última sexta-feira (29) o resultado do edital nº 16/2021 de Auxílio a Projetos de Pesquisa para Jovens Pesquisadores. Foram contemplados, ao todo, 120 projetos de ciência, tecnologia e inovação, com um total de R$ 5 milhões em recursos destinados para financiamento.

Entre os selecionados estão professores do Centro de Informática (CIn) da UFPE, com seus respectivos temas de pesquisa: Adenilton José da Silva (Aprendizado em Dispositivos Quânticos Ruidosos de Escala Intermediária); Breno Alexandro Ferreira de Miranda (Teste de Regressão para Sistemas Complexos e de Grande Porte); Fernando Maciano de Paula Neto (Avanços em Modelos Quânticos Inteligentes: Teoria e Aplicações); e Jamilson Ramalho Dantas (Planejamento de Infraestruturas Computacionais Considerando Serviços de Vídeo Streaming).

Entre os critérios de elegibilidade para o referido edital, estão a obrigatoriedade do proponente ser também coordenador do projeto, além de possuir vínculo empregatício com a Instituição de Execução da proposta, ter uma produção científica e tecnológica relevante na área nos últimos 5 anos, e ter obtido o grau de doutoramento há, no máximo, 7 anos. As solicitações de financiamento dividem-se em duas categorias, sendo a Faixa A destinada a projetos em áreas de ciências experimentais, com recursos de R$ 30 a 60 mil, e a Faixa B, na qual se enquadram os projetos dos professores do CIn, voltada prioritariamente para propostas em áreas não-experimentais, com recursos de até R$ 30 mil. Entre os itens financiáveis estão material bibliográfico, equipamento e material permanente, bolsas de Iniciação Científica (BIC) e Fixação de Técnico (BFT), além de despesas de custeio como diárias e passagens aéreas para determinadas ocasiões.

Comentários desativados