O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, vem para o lançamento nesta sexta-feira (27)

O Centro de Informática (CIn) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), com tradição em programas de residência para empresas há 2 décadas, sendo referência nacional e premiado pelo MCTI, lançou em outubro de 2021 a primeira turma da Residência em Robótica e Inteligência Artificial Aplicadas a Testes de Software através de convênio com a Softex e posterior acordo de parceria tripartite com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE). A proposta do curso é formar especialistas, uma Pós-Graduação Lato Sensu, em Robótica e Inteligência Artificial e desenvolver um kit robótico inteligente capaz de interagir com as urnas eletrônicas do TRE-PE já nas eleições de 2022.

A ideia surgiu no ano passado entre o secretário de TI do TRE-PE George Maciel e o coordenador da residência Alexandre Mota: Usar robôs com inteligência no lugar de servidores da Justiça no teste de integridade das urnas eletrônicas, que agora necessita de mais escala que anteriormente, devido à resolução Nº 23.673 de 14/12/21.

Em desenvolvimento desde o final do ano passado, os alunos da especialização e a equipe técnica e de pesquisa trabalham na solução que será lançada nesta sexta-feira, dia 27, pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, pelo presidente do TRE-PE, desembargador André Guimarães, e demais integrantes da Corte. Também participarão deste evento o Reitor Alfredo Gomes e o Vice-Reitor Moacyr Cunha, os coordenadores da residência Alexandre Mota e Augusto Sampaio (neste evento, Augusto também atuará como representante da direção do CIn), bem como toda a equipe da residência: os residentes Adônnis Souza, Amador Júnior, Anderson Soares, Emilly Silva, Flávio Souza, Gabriel Queiroz, Grennda Guerra, Mellanyee Paz, Paulo Veloso, Pedro Souza, e Yves Rodrigues de Pernambuco, André Silva e Eric Santos do Tocantins, Danilo Ubaldine da Paraíba, Felipe Mendonça, Jairton Filho, e Jefferson Norberto do Rio Grande do Norte,  Jonas Silva e Sandeison Fernandes  de Alagoas, equipe técnica especializada Marcondes Ricarte (Líder), Cecília Silva (Eng. Software), Riei Rodrigues e Matheus Costa (Estagiários), Juana Moura (Cap. Humano), e Pedro Borges (Adm. redes), e também equipe de pesquisa (em colaboração com o Voxar): João Marcelo Teixeira (Professor), Zilde Neto, Vinicius Ventura e Júlia Souza (Pesquisadores).

“A proposta da residência é formar profissionais altamente qualificados e gerar oportunidades na área de hardware, além de software, setor ainda carente de valorização no cenário brasileiro”, explica o coordenador Alexandre Mota. A formação é destinada especialmente aos alunos já graduados de Engenharia da Computação e das engenharias em geral. 

A segunda turma da Residência em Robótica e Inteligência Artificial Aplicadas a Testes de Software está prevista para ter início em outubro deste ano. As pessoas interessadas em fazer parte da próxima oportunidade podem ter mais informações através do site onde podem ser vistos mais detalhes sobre esta iniciativa. 

Comentários desativados