Pós-Graduação em Ciência da Computação – UFPE
Defesa de Tese de Doutorado Nº 569

Aluno: Leandro Marques Queiros
Orientador: Prof. Alex Sandro Gomes
Coorientadora: Profa. Rosane Maria Alencar da Silva (UFPE/ Dpto Sociologia)
Título: Designing Groupware for Collaborative Lesson Planning for Basic 
Education Teachers
Data: 31/08/2022
Hora/Local: 14:30h – Virtual – Interessados em assistir entrar em contato com o aluno
Banca Examinadora:
Profa. Carla Taciana Lima Lourenço Silva Schuenemann (UFPE / Centro de Informática)
Prof. Filipe Carlos de Albuquerque Calegario (UFPE / Centro de Informática)
Prof. Francisco Kelsen de Oliveira (IFSertão-PE / Campus Salgueiro)
Prof. Jorge da Silva Correia Neto (UFRPE / Unidade Acadêmica de Educação a Distância e Tecnologia)
Prof. José Aires de Castro Filho (UFC / Instituto UFC Virtual)


RESUMO:

O planejamento colaborativo de aulas entre professores da educação básica permite o compartilhamento de experiências e recursos educacionais. Essas práticas estão distribuídas no tempo e no espaço e variam à medida que os profissionais evoluem suas experiências profissionais. Os professores improvisam criativamente as funções de artefatos mundanos e digitais para atingir objetivos circunstanciais que emergem na prática profissional colaborativa. Nesta tese, usamos uma abordagem de etnografia digital para entender profundamente a experiência social do planejamento colaborativo de aulas e construir conhecimento sobre esses fenômenos. Adotamos as noções antropológicas de improvisação e contingência para entender como os professores da educação colaboram criativamente no planejamento das aulas. Realizamos sequências de entrevistas não estruturadas no local de trabalho (escolas e residências) e virtualmente reencenamos observações. Todos os dados coletados foram analisados para evidenciar os significados situados dos materiais, relações e circunstâncias desses procedimentos idiossincráticos entre os profissionais. Os principais resultados evidenciam alguns improvisos e contingências no compartilhamento de experiências e como os artefatos estruturam diretamente práticas e experiências, levando à frustração, insatisfação e, consequentemente, desamparo. Revelamos recomendações específicas para o design de sistemas de apoio ao planejamento de aulas colaborativas de professores. Assim, realizamos um design participativo situado que permitiu que os professores se visualizassem em possíveis cenários futuros, usando sistema colaborativo para apoiar suas práticas colaborativas de preparação em sala de aula. Os resultados indicam que a realização de atividades colaborativas de planejamento de aula em um colaborativo de planejamento de aula elaborado a partir de um design participativo com professores do ensino fundamental é uma abordagem bem-sucedida, pois permite o design de artefatos artificiais significativos para os professores e promove o bem-estar relacionado aos domínios de afeto, comunidade e trabalho.


Palavras-chave: Colaboração dos professores; Bem-estar do professor; Design participativo, Educação básica.

Comentários desativados