O currículo do professor do CIn, Geber Ramalho, não é a única justificativa para ele ter sido escolhido para compor o projeto “Produção Cultural no Brasil”, da Representação Regional Nordeste do Ministério da Cultura (RRNE/MinC). Além de ser formado em engenharia elétrica e ciência da computação com estudos no Brasil e na França, ser membro do Conselho consultor do Porto Digital e ter sido diretor do CESAR e da Sociedade Brasileira da Computação, o professor é o idealizador da primeira disciplina universitária da América Latina dedicada ao desenvolvimento de jogos eletrônicos.

Foi esse pioneirismo que levou o docente a ser considerado um dos cem profissionais mais influentes dentro do cenário de produção cultural do país, integrando o projeto do RRNE/MinC, que consiste na publicação das entrevistas das cem personalidades em cinco livros. O conteúdo audiovisual dessas conversas já vem sendo divulgado na internet desde setembro, no www.producaocultural.org.br.
 
A iniciativa do governo federal surgiu a partir de questionamentos sobre como está sendo vista, discutida, desenvolvida e praticada a produção cultural brasileira. A pesquisa procura analisar qual o contexto social e político da cultura em nosso país, quais conclusões podem ser extraídas dos processos passados e presentes, e se essas conclusões realmente existem. Para conhecer as ideias do professor de “Entretenimento Digital”, do CIn/UFPE, acesse o link http://www.producaocultural.org.br/slider/geber-ramalho/.

Comentários desativados