Não saber como se desfazer de um produto que não é usado há muito tempo, mas que para alguém poderá ter um valor maior, e este acaba apenas ocupando espaço em casa é bastante comum. O projeto TROKEI, do ex-aluno do mestrado do Centro de Informática (CIn) da UFPE, Cleyverson Costa, surge como uma alternativa para acabar com esse problema.
O site, que é focado no consumo colaborativo, proporciona o aluguel, troca ou venda de produtos com pessoas que vivem em áreas próximas. Entretanto, este tipo de socialização ainda é pouco explorado no Brasil. “Quando olhei para o mercado externo, identifiquei iniciativas muito interessantes, com produtos fantásticos para troca/aluguel e venda (por ótimos preços). Ao observar o mercado interno, não identifiquei muitas iniciativas, e naquelas de maior destaque, percebi algumas limitações, tais como layout confuso e pouca interatividade.”, explica Costa.
O TROKEI funciona de uma maneira bastante simples: o usuário precisa apenas se cadastrar informando dados de identificação e também o CEP, principal informação para o funcionamento do site. Com isso, o sistema busca os produtos procurados em uma região próxima ao CEP informado pelo usuário. “Após o cadastro inicial, o usuário estará habilitado a anunciar produtos e começar a interagir com outros membros. Para o cadastro de produtos, o TROKEI conta com centenas de categorias.”, conta o desenvolver do site.
A entrega e a qualidade dos produtos são asseguradas pelos próprios usuários. A cada transação realizada é atribuída ao negociante uma qualificação positiva ou negativa, o que proporciona o aumento do critério de confiabilidade.
O site funciona de forma completamente gratuita e não atrela o seu faturamento ao pagamento pelas trocas, alugueis ou vendas. “Quero que os usuários sintam-se livres para usufruir dos benefícios do TROKEI sem se preocuparem com custo. Estou me esforçando para que isto seja concretizado e que consiga manter o TROKEI com este modelo.”, afirma Cleyverson.
Além de proporcionar estes tipos de serviços, o TROKEI também atua como uma rede social, permitindo que os usuários adicionem fotos em seus perfis, estabeleçam contato entre si, participem do quiz e ainda recebendo notícias, tudo alimentado pela própria comunidade.

Comentários desativados