O Centro de Informática (CIn) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) recebeu, na manhã de 15 de dezembro, o prêmio nacional Finep 2011 na categoria Instituição Científica e Tecnológica (ICT). O troféu foi entregue pelo presidente  da Finep Glauco Arbix ao diretor do CIn Paulo Cunha na presença da presidente do Brasil Dilma Rousseff. O Centro  também receberá uma linha de financiamento de R$ 1 milhão de reais para pesquisas e desenvolvimento de inovações.
 
O título reforça nacionalmente a excelência do Centro de Informática na área de ensino e pesquisa. Para o diretor do CIn Paulo Cunha essa vitória é a prova do trabalho de excelência que o Centro vem fazendo nesses 37 anos de história. “Quando surgiu a ideia de criar a pós-graduação em Ciência da Computação nós sonhamos com um centro de referência nacional que influenciasse o ecossistema pernambucano na área de TIC através da formação de recursos humano, pesquisa e  inovação. A prova de que esse sonho se realizou veio agora com esse prêmio”, completa Cunha.  
 
O CIn concorreu com Laboratório de Purificação de Proteínas e suas Funções Biológicas da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – LPPFB (MS) e Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia – INPA (PA), Fundação Aplicações de Tecnologias Críticas – Atech (SP); Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – SENAI-PR (Observatórios SESI / SENAI / IEL).
 
Sobre o CIn – O centro foi inaugurado há 37 anos  e conta hoje com três cursos de graduação em Ciência da Computação, Engenharia da Computação e Sistemas de Informação. O programa de pós-graduação já figuram entre os melhores no Brasil, com conceito 6 no Capes e ainda oferece Mestrado Profissional em Gestão de Tecnologia da Informação e especializações.
No Centro, os alunos são bastante estimulados a produzirem artigos científicos e se engajarem em projetos de desenvolvimento de software e hardware, desenvolvendo inclusive um espírito empreendedor, que muitos confirmam ao abrirem suas próprias empresas antes mesmo de concluírem a faculdade.
  
 

Comentários desativados