O prêmio de melhor artigo foi recebido pelo professor George Darmiton da Cunha Cavalcanti