A World Wide Web, conferência anual que trata sobre o futuro da Web, terá seu primeiro ano na América Latina. De 13 a 17 de maio, a 22ª Edição do evento será realizada no Windsor Barra Hotel, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. A conferência proporciona um fórum de alto nível para discussões e debates sobre a evolução da web, a padronização de suas tecnologias e o impacto das tecnologias na sociedade e na cultura. Além disso, alguns Workshops devem discutir vários aspectos do futuro da Web, bem como tendências para os próximos anos com relação ao mercado e aos aspectos acadêmicos.

 
O evento reunirá 1,5 mil especialistas de todo o mundo. O público é formado especialmente por pesquisadores, estudantes, profissionais dos setores público e privado, desenvolvedores e heavy users da Web. A ideia do encontro é promover discussões e trocas de experiências sobre tecnologias para a web com o objetivo de continuamente pensar e promover a evolução da Web. 
 
A Conferência, que conta com o patrocínio do Google e do Yahoo!Labs, tem como maior destaque a presença confirmada de Tim Berners-Lee, inventor da Web e diretor do World Wide Web Consortium (W3C). Além dele, outras palestras com convidados especiais (keynote speakers) contarão com Jon Kleinberg, professor de ciência da computação na Cornell University, nos EUA especialista em Redes Sociais e criador do algoritmo que inspirou os PageRanks, largamente utilizados em buscadores da Web, e Luis von Ahn, doutor e professor do Departamento de Ciência da Computação da Carnegie Mellon University – é o pioneiro da ideia dos CAPTCHAs, e Jeff Jarvis, jornalista norte-americano, autor de dois livros sobre web, hoje escreve no blog buzzmachine.com e é co-autor do "This week in Google".  
 
Bernadette Farias Lóscio, professora no Centro de Informática (CIn) da UFPE e uma das coordenadoras do comitê do programa da sessão de Demos no WWW2013, destaca a conferência como a maior no campo da web e por que estar presente no evento “O nível de qualificação a ser adquirido, tanto do ponto de vista acadêmico como empresarial, é enorme. Os interessados na área devem ir porque estarão em contato com o que há de mais inovador na área da web”. Ainda, Bernadette acredita que a escolha pelo Brasil, dentre os países da América Latina, se deva ao destaque do país no setor.
 
Durante o evento serão promovidos também “hackatons”, "desconferências", desafios tecnológicos, entre outras atividades. A lista dos workshops e respectivas chamadas para trabalhos estão disponíveis em http://www.w3c.br/Noticias/WorkshopsDaWww2013.
 
As inscrições estão abertas e, nesta etapa, estão sendo oferecidos descontos especiais. Para mais informações, acesse: http://www2013.org/ (em inglês)

Comentários desativados