Quem nunca encontrou dificuldades para entender o manual de instruções de um produto? Nem sempre os textos sobre o uso de determinados equipamentos são claros o suficiente para o usuário. Além disso a diversidade e os vários estilos de equipamentos trazem problemas para o consumidor na hora de manuseá-los. A Pixiie, startup formada por alunos do Centro de Informática (CIn) da UFPE durante a disciplina Projetão, foi criada para simplificar problemas como este utilizando a realidade aumentada.
 
O aplicativo móvel AUGIE, principal produto desenvolvido pela startup, utiliza a tecnologia de realidade aumentada para ajudar os usuários na utilização de bens duráveis. Ao focar o objeto com a câmera do smartphone, pequenas setas e textos aparecerão sobre a tela indicando o que deve ser feito. Ao inserir estes elementos visuais na cena, o aplicativo guia o usuário em um passo a passo mais simples do que recorrer aos extensos e complexos manuais de instruções ou vídeos tutoriais. Com o seu celular, o consumidor terá os manuais de qualquer produto na palma da mão.
 
“O mercado de empresas que trabalham com RA (realidade aumentada) aqui no Brasil ainda não é bastante explorado. Vimos então, uma excelente oportunidade para criarmos a Pixiie e trabalhar com essa tecnologia”, complementa José Luiz Correia, gerente geral da Pixiie, sobre o que inspirou o projeto. No site (www.pixiie.com) os consumidores podem conhecer melhor o funcionamento do AUGIE.
 
Além dos estudantes de Ciência da Computação do CIn, o grupo tem a participação de alunos de Administração e Design da UFPE, integrando o conhecimento das três áreas.

Comentários desativados