O projeto “Avanços em Computação de Alto Desempenho, Inteligência Computacional e Visualização e Interação para a Internet do Futuro”, assinado pelo professor do Centro de Informática (CIn) da UFPE, Stênio Fernandes, em parceria com Fabiana Piccoli e Suzana Esquivel, da Universidad Nacional de San Luis foi aprovado pela Capes na última sexta-feira (29). O programa deve auxiliar alunos de doutorado e recém-doutores do Brasil e da Argentina.
 
A iniciativa do trabalho partiu da instituição argentina, logo que publicado o edital do CAPG/BA (Cooperação Internacional Centros Associados da Pós Graduação Brasil-Argentina). A parceria com o CIn foi de interesse da coordenadora de pós-graduação da casa, Edna Barros, pela importância do projeto para os estudantes. A elaboração durou três meses, e pretende fortalecer as oportunidades internacionais para estudantes dos dois países. “O projeto oriundo da parceria entre a UFPE e a UNSL vai fornecer aos alunos de doutorado a exposição a uma variedade de possibilidades de aplicação de tecnologias pioneiras”, explica o Prof. Stênio Fernandes.
 
No total serão 10 alunos contemplados com as bolsas de mobilidade acadêmica, dentre eles quatro brasileiros e seis argentinos. São sete alunos de doutorado e três de pós-doutorado – todos devem ter teses envolvidas com o tema. O projeto também prevê missões de trabalho de curta e longa duração a pesquisadores e docentes do CIn e da UNSL. Dos dez projetos aprovados, este foi o único envolvendo o Norte/Nordeste do país.
 
Com o programa, novas oportunidades de parcerias internacionais de pesquisa serão promovidas para as duas instituições – assim como a consequente melhoria do ambiente de aprendizagem para os alunos. Ainda segundo Fernandes: “A colaboração entre os grupos de pesquisa brasileiros e argentinos irá explorar forças complementares para construir e sedimentar os esforços de pesquisa colaborativos e institucionais de longo prazo”.

    

Comentários desativados