O professor Stênio Fernandes e o aluno de doutorado Kellyton dos Santos Brito, ambos do Centro de Informática da Universidade Federal de Pernambuco (CIn/UFPE), venceram o concurso Cidadão Inteligente.Rec. Stênio foi premiado na categoria Melhor Projeto Conceitual, pelo trabalho “Colheitador Urbano”. Já Kellyton foi o ganhador na categoria Melhor Aplicativo, com o projeto “Cidadão Recifense”. A cerimônia de premiação aconteceu na última segunda-feira (31), no auditório do Centro de Artesanato de Pernambuco, no Recife Antigo.
 
Na categoria Melhor Projeto Conceitual, o segundo lugar foi para Felipe Angeiras Batista da Silva e Rafael Jorge Alves dos Santos, pelo projeto “Don!”, e o terceiro, para Pedro Andrade Gama de Oliveira, por “(re)ação”. Já na categoria Melhor Aplicativo, a segunda posição foi ocupada por Heitor Nascimento de Souza e Renata da Veiga Pessôa, autores de “Doe Recife”, e a terceira ficou com Déborah Eline de Santana Mesquita, por “PeerSquare Recife”.
 
Na ocasião, cada um dos finalistas (5 aplicativos móvel/web e 5 projetos conceituais) tiveram de fazer uma apresentação audiovisual de, no máximo, 20 minutos para uma banca examinadora composta por 10 componentes de referência no cenário de Tecnologia da Informação e Comunicação na cidade. Os jurados atribuíram notas de 0 a 5 para cada critério de julgamento.
 

Iniciado em julho de 2013, durante a Campus Party, o concurso Cidadão Inteligente foi promovido pela Prefeitura do Recife em parceria com o CIn/UFPE, o CESAR e o Porto Digital. 

Comentários desativados