Idealizados por estudantes do Centro de Informática (CIn) da UFPE, os sistemas HydroSys, ZLeaks e EccoBin tornam mais prática a coleta de dados em tubulações de água e bueiros, fazendo com que as informações cheguem de forma mais rápida a habitantes e autoridades públicas. Enquanto os dois primeiros acompanham o fluxo de água em tubulações, gerando redução de custos para habitantes e economia de água, o EccoBin coleta dados da situação de lixo nos bueiros e ainda utiliza larvicidas em caso de água parada. Os projetos foram desenvolvidos para a Competição Intel de Sistemas Embarcados, que reúne trabalhos que aplicam Internet of Things (IoT) em simplificação de processos, redução de custos, análise em tempo real ou monitoramento remoto. Todos os trabalhos desenvolvidos no CIn-UFPE para a competição, em conjunto com os projetos da disciplina Projetão, serão apresentados no CIn Innovation Expo, que será realizado no dia 2 de dezembro, das 9h às 17h, no quarto andar do Bloco E do Centro.
 
O sistema proposto HydroSys mede os dados de fluxo de água na tubulação e analisa os dados coletados, monitorando a ocorrência de vazamento e a infraestrutura de rede de distribuição de água remotamente através de uma plataforma online. Permite uma detecção de perda de água mais rápida e consequentemente diminui a perda de água potável, com o objetivo de contribuir para um mundo mais sustentável. O projeto foi desenvolvido por Andréa Brandão Duque, Larissa Lages de Oliveira, Rodolfo Ivo Santos de Andrade, que conquistaram o título de Melhor Equipe de Graduação da Competição Intel de Sistemas Embarcados. O projeto recebeu o  Prêmio de Melhor Trabalho de Graduação na Competição Intel de Sistemas Embarcados de 2016.
 
 
O ZLeaks tem como objetivo monitorar instalações hidráulicas de residências ou estabelecimentos. Contendo um módulo secundário, que é responsável por ler o fluxo de água no ambiente que está instalado. O módulo principal é composto por um atuador, que permite abrir e fechar o registro de forma remota ou autônoma, sensores de fluxo, para leitura do consumo de água e também envia todos os dados coletados pelos nós para o módulo servidor, que é responsável pela interface entre o usuário e o sistema. O sistema foi construído por Tatiana Viana Padrão, Iraline Nunes Simões, Walber de Macedo Rodrigues.
 
 
O EccoBin consiste de um sistema de gerenciamento para monitorar e facilitar a limpeza dos bueiros. Ele é composto por três módulos que se comunicam entre si. O cesto coletor, localizado dentro do bueiro, retém e mede a quantidade de resíduos dentro do cesto, e despeja larvicida em pó se é detectada a presença de água parada. O módulo manda o dado para o módulo de análise da prioridade de limpeza, que calcula a prioridade de limpeza juntamente com as medições da quantidade de chuva no local. Os dados resultantes são mandados para um servidor Web, para serem disponibilizados e mapeados, além de permitir o cálculo da melhor rota de limpeza, informar às autoridades responsáveis sobre a necessidade de limpeza e manutenção, permitir a mudança da periodicidade de coleta de dados e receber relatórios da comunidade local. O projeto, que conquistou menção honrosa no desafio da Intel, foi desenvolvido pelos estudantes Ladson Gomes, Mariana Barros e Thiago de Moura. O projeto recebeu o Menção Honrosa na Competição Intel de Sistemas Embarcados de 2016.
 

Comentários desativados