Desenvolvido por um grupo de seis estudantes, dois deles alunos do Centro de Informática (CIn) da UFPE, o aplicativo de caronas Bigu fez sua estreia ontem (22) no CIn-UFPE. O serviço já está disponível para toda a comunidade do Centro, que para participar, deve fazer o cadastro no aplicativo com o e-mail institucional. O Bigu teve sua atuação no Centro coordenada com a ajuda do Diretório Acadêmico do CIn-UFPE.

O Bigu procura facilitar a vida dos usuários durante seus deslocamentos diários, diminuindo o fluxo do trânsito e promovendo conexões entre pessoas. Ele funciona através de um aplicativo, no qual as pessoas podem agendar e procurar por caronas em horários específicos. O serviço está disponível para sistemas Android e iOS.

Além disso, o aplicativo também disponibiliza, com o apoio de empresas parceiras, recompensas para os usuários mais assíduos do serviço. Gasolina a preços mais baixos e prêmios de tanques de 30L cheios para os melhores caroneiros são exemplos de facilidades que podem ser conquistadas.

O serviço do aplicativo é gratuito. “As únicas “contrapartidas” que pedimos aos usuários é que ofereçam e peguem Bigus com consciência: respeitando o bom senso e sendo educados”, comentou Bruno Barbosa, aluno de Ciência da Computação do CIn-UFPE e desenvolvedor do Bigu.

Além de Bruno, Daniel Maranhão, aluno de Engenharia da Computação do CIn-UFPE, Mateus Bolsoni, Pedro Campos, Caio Albuquerque e Filipe Passos fazem parte da equipe de sócios do Bigu.  

Atualmente, o aplicativo funciona em universos fechados, e oferece o serviço na Universidade Católica de Pernambuco e no Grupo Neoenergia – e agora, também no CIn-UFPE. 

Comentários desativados