Buscando melhorar a eficiência das baterias de telefones móveis, o professor do Centro de Informática (CIn) da UFPE Fernando Castor, em parceria com o professor e coordenador do projeto João Paulo Fernandes, da Universidade de Coimbra, desenvolveu o BatteryHub, aplicativo que ajuda a poupar energia.  Atualmente, o app tem nota 4,4 (de quase 50 reviews) no Google Play e já teve cerca de 5000 instalações.

O BatteryHub fornece informações como temperatura e ritmo de descarga e recolhe periodicamente dados relacionados à utilização do aparelho, o que ajuda os clientes a manterem um controle mais cuidadoso sobre como a bateria do seu celular é consumida. Essas informações são monitoradas com o intuito de construir um repositório de dados que represente o consumo de energia em baterias de diferentes dispositivos móveis, sistemas operativos, aplicações e utilizadores. De acordo com João Paulo Fernandes, o objetivo é utilizar os dados recolhidos para traçar o perfil de consumo dos dispositivos e assim identificar oportunidades de poupar energia. 

A partir disso, o experimento se mostra importante tanto para os usuários quanto para os fabricantes. “Com o aplicativo, os usuários podem saber quais apps estão consumindo mais bateria em determinado momento e se isso é um evento pontual ou algo recorrente. Isso pode influenciar a decisão de manter-se usando tal app ou baixar uma alternativa similar, porém mais econômica”, explica Fernando Castor.

Já pesquisadores, fabricantes de dispositivos e mantenedores de lojas de apps se beneficiam das informações coletadas, pois com elas podem estudar as características dos aplicativos que tipicamente consomem mais energia e desenvolverem soluções para poupar bateria com base nessas características. Além disso, as lojas de app podem fornecer automaticamente uma nota para um produto com base em seu uso médio de bateria, discriminando de acordo com diferentes dispositivos.

Os interessados em colaborar com o desenvolvimento da pesquisa podem baixar o aplicativo, disponível apenas para sistema Android, AQUI.

Comentários desativados