A dissertação de mestrado do aluno do Centro de Informática (CIn) da UFPE, Pedro Braga, foi uma das finalistas do CTDIAC 2020 (Concurso de Teses e Dissertações em Inteligência Artificial e Computacional). Com orientação do Prof. Hansenclever Bassani, o trabalho intitulado “Semi-Supervised Self-Organizing Maps with Time-Varying Structures for Clustering and Classification” ficou entre um dos seis melhores do país. 

Defendida em 2019, a dissertação de Pedro, atualmente aluno do programa de doutorado do CIn, gerou publicações em conferências internacionais Qualis A e agora segue para a segunda fase do CTDIAC. Segundo a organização, as submissões deste ano foram competitivas ao ponto de terem sido desclassificados trabalhos com múltiplas publicações internacionais. A competição levou em conta dissertações/teses defendidas em Universidades Brasileiras de Junho de 2018 a Maio de 2020.

O evento é dividido em duas fases e, nesta segunda etapa, as submissões selecionadas serão apresentadas e julgadas durante o Brazilian Conference on Intelligent Systems 2020 (BRACIS). Desta forma, o objeto principal de julgamento para classificação dos selecionados será o documento completo (dissertação ou tese).

Em sua 12a edição, o CTDIAC visa disseminar e premiar as melhores dissertações de mestrado e teses de doutorado das áreas de Inteligência Artificial e Computacional e ocorrerá como um evento satélite do BRACIS. Por conta da pandemia provocada pelo novo coronavírus, ambos os eventos serão realizados em formato virtual.

Comentários desativados