O time do Centro de Informática (CIn) da UFPE foi um dos destaques brasileiros durante as finais da 44th Annual World Finals of the International Collegiate Programming Contest 2021 (ICPC). Formada pelos alunos Bezaliel da Conceição Silva, Clodes Fernando de Moraes Silva e Gabriel de Azevedo Pessoa, com orientação dos técnicos Tiago Gonçalves e do professor do CIn Nivan Ferreira.. Entre as equipes de universidades de todo o mundo, os competidores do CIn conquistaram o 64º lugar na competição mundial de programação universitária com a participação de 117 grupos. O evento ocorreu em Moscou, na Rússia, durante os dias 01 a 06 de outubro.

Durante a competição de programação algorítmica, a equipe do Centro concorreu entre os melhores estudantes de graduação e pós-graduação de universidades ao redor do mundo, cujas equipes competiram em termos de velocidade, criatividade e inovação na resolução de problemas.

A prova teve duração de cinco horas e consistiu de quinze problemas de alta complexidade com base em problemas do mundo real, como a otimização de horários do metrô, modelagem do controle de tráfego aéreo, análise de circuitos lógicos, simulações de coleta de bagagem do aeroporto, estimativas de reservas de petróleo, dentre outros. A partir disso, as equipes foram classificadas de acordo com o maior número de problemas resolvidos e o menor tempo total gasto.

A participação do CIn em um evento deste escopo revela o alto nível acadêmico dos futuros engenheiros de software, cientistas da computação, desenvolvedores e fundadores dos serviços digitais que são formados pelo Centro. Além do CIn, outras 8 universidades brasileiras participaram das finais mundiais.

Além da oportunidade de potencializar as habilidades adquiridas na graduação e apresentá-las para a comunidade mundial de Tecnologia da Informação, os alunos maratonistas ainda participaram de palestras, simpósios e outras atividades com as demais equipes internacionais. Mais informações sobre o evento mundial podem ser acessadas no site da competição.

Comentários desativados