Pós-Graduação em Ciência da Computação – UFPE
Defesa de Dissertação de Mestrado Nº  2.003


Aluno: Maria Cecilia Cavalcanti Jucá
Orientador: Profa. Carina Frota Alves
Título: Como startups e corporações se envolvem em iniciativas de inovação aberta? Um estudo exploratório
Data: 03/03/2022
Hora/Local: 15h – Virtual – Interessados em Assistir entrar em contato com a aluna
Banca Examinadora:
Prof. Giordano Ribeiro Eulalio Cabral (UFPE / Centro de Informática)
Prof. Ivan do Carmo Machado (UFBA / Departamento de Ciência da Computação)
Prof. Carina Frota Alves (UFPE / Centro de Informática)

RESUMO:

Nos últimos anos, a crescente pressão do mercado e o constante surgimento de novas tecnologias levaram as empresas a realizar transformações digitais para criar valor e entregar melhores produtos ou serviços para os clientes. As corporações enfrentam vários desafios quando se trata de incorporar novas tecnologias ou acelerar e digitalizar seus processos bem estabelecidos. Por outro lado, as startups são reconhecidas por sua capacidade de inovação, disposição para assumir riscos, soluções escaláveis e processos ágeis. Na busca por velocidade e inovação, as corporações estão se engajando com startups para atingir objetivos complementares. As corporações desejam o potencial criativo das startups, enquanto as startups precisam de recursos abundantes nas corporações. Portanto, identificamos o crescente interesse de corporações e startups em se envolverem por meio de iniciativas de inovação aberta. Esta pesquisa explora como a inovação aberta é realizada na perspectiva de startups e corporações. Identificamos uma oportunidade de explorar as relações startup-corporação no Porto Digital, um dos ecossistemas de inovação mais relevantes do Brasil. Em um estudo exploratório, realizamos entrevistas semiestruturadas em oito startups e cinco corporações para entender a dinâmica de seus relacionamentos durante iniciativas de inovação aberta. Todas as oito startups fazem parte do Porto Digital, e as corporações foram selecionadas devido ao relacionamento com as startups estudadas. Nossos resultados revelam os principais direcionadores, benefícios e desafios envolvidos no engajamento entre startups e corporações. Por fim, apresentamos um conjunto de recomendações para estabelecer e fomentar as relações startup-corporação.


Palavras-chave: Inovação Aberta, Relacionamento Startup-Corporação, Transformação Digital, Estudo Empírico.

Comentários desativados