A transmissão será no dia 30/03, às 10h, no canal do CIn no YouTube

No dia 30 de março, às 10h, a Coordenação de Pesquisa do Centro de Informática (CIn) da UFPE realiza mais um Seminário de Pesquisa. Nesta edição, o professor Paulo Oliva apresentará o seminário “Provas e Programas: A Influência da Lógica Matemática na Computação”. Atualmente Paulo Oliva é professor da Queen Mary University of London, onde trabalha na área de Teoria da Computação desde 2006. O seminário será transmitido para todos através do canal do CIn no YouTube.

Lógica matemática e teoria da prova é a principal área de pesquisa de Paulo, com especial interesse no conteúdo computacional das provas matemáticas, pois estas podem ser vistas como programas para serem executadas, e programas, portanto, podem ser vistos como provas para tornar possível verificá-los automaticamente. Na interpretação funcional, a técnica mais utilizada, as provas formais, são indutivamente associadas a funcionais de tipo superior. Por isso, a recente estrutura unificadora desenvolvida pelo professor é tão importante: ela permite comparar várias interpretações funcionais diferentes e combiná-las em uma interpretação funcional híbrida, tornando possível combinar características de cada interpretação na análise das provas isoladas.

Além de falar sobre o assunto de sua pesquisa atual para mostrar as aplicações da lógica matemática para a Computação e para a Matemática, o professor pretende apresentar um contexto histórico ao comentar as contribuições de Hilbert, Brouwer, Turing, Kleene, Kreisel, entre outros. Ele acredita que enfatizar esta área permite continuar modelando o futuro da computação, uma vez que as ferramentas utilizadas hoje (linguagens de programação, tipos, compiladores etc.) surgiram de considerações de base lógica e matemática.

A carreira de Paulo na pesquisa, no entanto, começou em outro tópico. Seu primeiro artigo tratou sobre algoritmos de correspondência de padrões e foi escrito em parceria com a professora do CIn Kátia Guimarães e E. W. Myers. Na mesma época, Paulo participou do ACM International Collegiate Programming Challenge. Ele foi destaque na competição três vezes, duas dessas como integrante do time classificado em segundo lugar na América do Sul, em 1997 e 1998. Paulo foi aluno laureado de sua turma no curso de graduação em Ciência da Computação no CIn-UFPE, em 1999.

“A formação do CIn que tive foi mesmo de nível internacional. Também devo muito a todas as oportunidades que tive no CIn, como participar de pesquisas como bolsista do CNPq, e participar de competições de programação organizadas por Kátia Guimarães”, afirmou o docente.

Comentários desativados