A iniciativa está sendo realizada com uso de recursos da Unidade Embrapii

O Centro de Informática (CIn) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) firmou uma nova parceria com a Stellantis para a criação de um projeto de inovação na área de manutenção preditiva, que apontará soluções capazes de se anteciparem à ocorrência de problemas. Recursos da Unidade Embrapii estão sendo utilizados no projeto, que é desenvolvido no Laboratório de Inovação para Cidades Inteligentes (LIVE), do Centro desde setembro de 2021.

O projeto faz parte de iniciativa global da montadora que inclui ações semelhantes em diversos países e que tem como foco desenvolver soluções globais tanto para produtos, quanto para processos de manufatura. “Estabelecer parcerias com instituições de alta capacidade de desenvolvimento é uma estratégia da Stellantis para acelerar a inovação, através da atração de competências. As parcerias representam a forma mais dinâmica e moderna de enfrentar os grandes desafios que a indústria da mobilidade tem que superar agora e no futuro”, afirma Toshizaemom Noce, Gerente de Engenharia Avançada da Stellantis. “Buscamos soluções inovadoras para aplicar já nos próximos anos.”

A Stellantis busca transformar-se de uma indústria de manufatura para uma Tech Car Company nos próximos anos, e iniciativas como esta tendem a ser cada vez mais comuns, aproximando ainda mais a indústria automotiva do campo acadêmico, com investimentos consistentes em pesquisas para inovação e desenvolvimento de novas tecnologias.

Uma equipe formada por alunos de graduação, mestrado e doutorado, além de professores da Universidade, está trabalhando com a missão de prever o problema. De acordo com o professor do CIn, Abel Guilhermino, que é coordenador do projeto, a iniciativa tem o objetivo geral de desenvolver algoritmos de predição que possam prever a ocorrência de mau funcionamento de um componente.

“Saber o momento em que um componente está prestes a ter um mau funcionamento é uma tarefa não trivial para a indústria automobilística. Isso deve-se ao fato de que as características do componente e o ambiente em que ele opera fazem com que a falha de um componente do sistema não seja algo facilmente previsível”, explicou o professor.

A parceria representa mais um passo em direção à criação de um ambiente de inovação para o desenvolvimento de pesquisa e inovação no setor automotivo de Pernambuco. O projeto é alinhado ao LocusAutomotivoPE, uma iniciativa do governo do estado.

Sobre o LIVE

Criado em 2015, o LIVE tem o objetivo de desenvolver projetos de inovação no contexto de cidades inteligentes e realiza projetos de pesquisa e desenvolvimento em parceria com a indústrias e agências de fomento em diversos segmentos como Automotivo, IoT, Sistemas Embarcados, Energia, Computação de Alto Desempenho, Eletrônica, Mobilidade Urbana, Conectividade e Inteligência Artificial.

A infraestrutura do laboratório tem área de 180 metros quadrados e capacidade para 30 pesquisadores. O LIVE recebe link de 1 Gbps, 750 Mbps AC 5 GHz Wi-Fi, 1 servidor físico, 4 servidores virtuais SVN dedicados a cada projeto e 25 máquinas operando nos projetos de laboratório.

Além disso, o laboratório possui duas bancadas eletrônicas completas com equipamentos de medição como osciloscópio, multímetro, fontes diversas, impressora 3D, entre outros.

Sobre a Stellantis
A Stellantis é uma das principais fabricantes de automóveis do mundo e provedora de mobilidade, guiada por uma visão clara: oferecer liberdade de movimento com soluções de mobilidade diferenciadas, acessíveis e confiáveis. Além da rica herança e ampla presença geográfica do grupo, seus principais pontos fortes residem em seu desempenho sustentável, profundidade de experiência e os talentos abrangentes de empregados que trabalham em todo o mundo. A Stellantis irá alavancar seu amplo e icônico portfólio de marcas, no espírito dos visionários que as inspiraram com paixão e com um espírito competitivo que sensibiliza empregados e clientes da mesma forma. A Stellantis aspira a se tornar a melhor, não a maior, ao mesmo tempo em que cria valor agregado para todos os públicos de interesse, bem como para as comunidades nas quais opera.

Comentários desativados