Resultado após recursos foi divulgado no último dia 8 de abril

O Edital nº 04/2022 da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (FACEPE), destinado a financiar o Programa de Extensão Tecnológica (PET), teve o seu resultado final pós-recursos divulgado no último dia 8 de abril. Após o julgamento dos recursos, o Comitê Gestor do Edital decidiu pela ampliação dos recursos disponíveis, possibilitando alcançar um total de 100 propostas aprovadas, com uma verba destinada superior a R$ 2,3 milhões.

Além dos projetos “Captura e Detecção de Códigos de Barras via Visão Computacional na Indústria Automotiva”, do professor Tsang Ing Ren, e “Análise e Visualização de Fluxo de Dados de Dependência e Instruções de Atribuições aplicadas a Software Automotivos”, do professor Henrique Rebêlo, aprovados inicialmente, se soma ao conjunto de propostas contempladas pelo Centro de Informática (CIn) da UFPE o projeto “Pós-Processamento de Dados Automotivos para Testes de Regressão”, do professor Breno Miranda, que será executado em parceria com a FCA Fiat Chrysler Automóveis Brasil.

Os projetos terão duração de quatro meses, sendo o primeiro destinado à execução de um curso de capacitação, para uma turma de no máximo cem alunos; ao final, os dez alunos com melhor desempenho receberão uma bolsa de extensão e irão realizar uma atividade de extensão de três meses junto a uma empresa parceira.

O PET-FACEPE, originado em 2021, tem como objetivo capacitar recursos humanos e criar soluções que promovam o desenvolvimento das empresas locais. A iniciativa é executada em parceria com Instituições de Ensino do Estado de Pernambuco (Ensino Superior, Técnico e Escolas de Referência de Ensino Médio) e empresas, organizações e institutos ligados ao Terceiro Setor. A ideia é investir na qualificação de forma acelerada, a fim de resolver problemas que atendam às necessidades das empresas de forma inovadora, preferencialmente nos segmentos de maior intensidade tecnológica, de maneira a contribuir para mudanças na estrutura produtiva e social do estado.

Comentários desativados